Há inúmeros motivos pelos quais muita gente não usa seus óculos: alguns não gostam de sua aparência, outros são alvos de provocações e muitos simplesmente se sentem mais confortáveis sem eles.

Usar óculos pode piorar a visão?

Mas há também um grupo enorme de pessoas que teme que o uso frequente dos óculos possa prejudicar a visão e que elas ficarão cada vez mais dependentes do acessório.

Um estudo realizado na Nigéria e publicado no ano passado mostrou que 64% dos estudantes acreditam que os óculos são ruins para os olhos. No Paquistão 69% pensam da mesma maneira. No Brasil, até mesmo profissionais de saúde têm a crença de que a visão vai se deteriorando com o uso das lentes. Mas será que existe algo que prove isso?

Evidentemente, existem duas razões bem diferentes pelas quais as pessoas precisam de óculos: a miopia, quando a dificuldade é enxergar o que está distante; e a hipermetropia, ou o problema de ver nitidamente o que está próximo dos olhos.

Depois dos 40

A hipermetropia geralmente tem uma relação com a idade. Ao passar dos 40 anos, muita gente nota que não consegue ler muito bem se não tiver uma boa iluminação. Conforme envelhecemos, o cristalino, uma “lente” dos nossos olhos, vai enrijecendo gradualmente, dificultando o ajuste a diferentes distâncias. É nesse momento que muitos adotam óculos de leitura.

No entanto, é surpreendente a pequena quantidade de estudos clínicos conduzidos para se comprovar (ou não) os efeitos do uso prolongado desses óculos. E, até onde sabemos, não existe nenhuma evidência definitiva de que eles prejudiquem a visão.

Por que, então, tanta gente está convencida de que os óculos de leitura fizeram sua visão piorar?

Bem, muitas pessoas podem perceber que estão cada vez mais e mais dependentes do apetrecho, mas isso pode se dever ao fato de o cristalino se deteriorar gradativamente com a idade.

Elas percebem que precisam dos óculos com mais frequência, o que as faz concluir que eles são os culpados pela piora na visão, quando, de fato, não existe uma relação causal.

A adoção ou não de um par de óculos de leitura não vai fazer nenhuma diferença na sua visão a longo prazo. Mas se você tiver que forçar seus olhos para ler, poderá sofrer de dores de cabeça ou sentir os olhos ardendo.

Correção na infância

Usar óculos pode piorar a visão? - 2
Durante muitos anos, acreditou-se erroneamente que o melhor era dar às crianças óculos de grau menor.

A situação, no entanto, não é a mesma com as crianças. Dispensar os óculos corretos pode ter um impacto a longo prazo.

Durante várias décadas, acreditou-se que oferecer para as crianças míopes lentes com grau menor do que elas precisavam poderia desacelerar o crescimento do globo ocular e, portanto, conter o avanço do problema.

A ideia por trás disso era que se uma pessoa usasse um par de óculos adequado para ver bem de longe, o globo ocular tentaria se expandir na hora em que de focalizar um objeto mais próximo.

Mas um teste conduzido na Malásia em 2002 provou que essa hipótese estava errada. Um grupo de 94 crianças com miopia foi dividido por sorteio entre aquelas que usariam óculos de acordo com seu grau de deficiência e as que adotariam modelos ligeiramente mais fracos do que precisavam.

Após dois anos medindo frequentemente os globos oculares dos voluntários, os cientistas descobriram que as crianças que usavam óculos mais fracos mostraram um crescimento maior. Ou seja: a visão delas estava cada vez pior.

Alguns cientistas argumentam que ainda não existem evidências suficientes para se chegar a uma conclusão definitiva. Mas uma revisão feita em 2011 de estudos já realizados em crianças com miopia indicou que as poucas provas já recolhidas sugerem que é melhor que elas usem os óculos certos para seu grau de miopia.

Não há nada que sugira que adotar a prescrição correta seja pior do que não usar óculos.

Aliás, o mais longo estudo já realizado sobre a progressão da miopia, que acaba de ser publicado após 23 anos de pesquisas, indica justamente o contrário. Ao analisarem crianças míopes na Finlândia, os autores do estudo perceberam que não havia diferença entre o avanço da miopia naquelas que usavam óculos o tempo todo e naquelas que faziam suas atividades sem o acessório.

Menos estrabismo

Os benefícios de usar óculos em crianças que precisam deles são claros. Nossos olhos precisam “aprender” a enxergar. Portanto, se não tiverem os óculos corretos, essas crianças podem desenvolver o chamado “olho preguiçoso” ou ambliopia, porque elas nunca formaram uma imagem nítida em suas retinas.

Os óculos certos também melhoram a velocidade de leitura e reduzem o risco de desenvolver estrabismo.

Voltando aos adultos, o que eu acho curioso é a falta de estudos realizados nessa área. Normalmente esperamos que a Ciência tenha todas as respostas, mas muitas vezes os estudos que parecem mais óbvios e necessários não são realizados.

Estudos que precisariam que crianças míopes dispensassem seus óculos seriam pouco éticos porque já se sabe sobre os efeitos prejudiciais que isso causa no desenvolvimento do olho e no aprendizado.

Mas, a princípio, esse tipo de estudo poderia ser realizado com adultos. O que nos faz perguntar por que ninguém tomar essa iniciativa.

O cirurgião Ananth Viswanathan, do Moorfields Eye Hospital, em Londres, acredita que a falta de pesquisas provavelmente está relacionada à ausência de um motivo fisiológico pelo qual os óculos prejudicariam a visão.

Parece que esse tipo de estudo não será realizado tão cedo. Enquanto isso, teremos que nos contentar com as evidências anatômicas. E mesmo com muitos motivos para não se usar óculos, o medo de prejudicar a visão não pode ser um deles.

Fonte: BBC Brasil

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui