25 C
Vila Velha

Senador Magno Malta propõe projeto que criminaliza troca de sexo em crianças e adolescentes

Minha luta será contra a pedofilia e a legalização das drogas, diz Magno Malta

EM FOCO

Rosilene A. Pontes
Rosilene A. Pontes
Natural de Juiz de Fora-MG, educadora cristã, esposa, mãe, e avó. Gosta de ler e escrever.

O senador Magno Malta (PL-ES), que já exerceu mandato por 16 anos. Ficou conhecido por presidir as CPIs do Narcotráfico, na Câmara dos Deputados, e da Pedofilia, no Senado. Em pronunciamento em Plenário, quarta-feira (8), frisou algumas pautas que defenderá durante seu terceiro mandato como senador.

“Volto para esta Casa para dar continuidade à minha luta em defesa das crianças. Trabalharei contra a pedofilia, contra o abuso que querem implantar contra os nossos pequenos. A minha luta é contra o aborto, porque nós somos fruto do nascituro. Nascemos! Se não tivéssemos nascido, aqui não estaríamos; se tivéssemos sido abortados, nenhum de nós seria o senador que somos, mas o somos porque não fomos abortados. Não fomos! Somos tudo a partir do nascituro”, disse.

Enfatizou, ainda, que continuará sua luta de mais de 40 anos contra a legalização das drogas no Brasil. Segundo ele, apenas os que desconhecem os sofrimentos de uma mãe que precisa lidar com um filho usuário de drogas são capazes de defender a legalização.

“Quem sabe sobre lágrima é uma mãe que tem um filho drogado. A minha luta contra a legalização da maconha vai continuar”.

Projeto

Já na última sexta-feira (10), Magno Malta anunciou que irá apresentar um projeto de lei que criminaliza a troca de sexo em crianças e adolescentes, após reportagem de que 380 pessoas identificadas como trans estão realizando a transição de gênero gratuitamente no Hospital das Clínicas (HC) da Universidade de São Paulo (USP), na capital paulista.

Segundo a reportagem do G1, desse total, 100 são crianças de 4 a 12 anos de idade, 180 são adolescentes de 13 a 17 anos e 100 são adultos a partir dos 18 anos.

“É inaceitável o que estão fazendo com nossas crianças. Um crime que é resultado da ânsia maléfica de destruir a percepção humana, obrigando cada pessoa a ver não o que ela vê, mas o que outros querem que ela veja. Muitas vezes, essas crianças são colocadas nessa situação pelos seus próprios pais”.

Crianças e adolescentes não possuem a maturidade necessária para tomar decisões irreversíveis que podem destruir uma vida. Por isso, precisamos garantir a proteção dessas crianças e a punição dos responsáveis legais. Vamos lutar para que esse projeto seja aprovado no Senado para evitar que mais jovens sejam submetidos a decisões criminosas e impensadas”.

Fonte: Agência Senado

DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”
Se encontrou algum erro, deseja sugerir uma pauta, ou falar conosco. Clique aqui!
- Publicidade -

LEIA MAIS...

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

LEIA TAMBÉM

ESTUDOS E DEVOCIONAIS

- Publicidade -
Rádio Seara News
- Publicidade -
Suprema Contabilidade
- Publicidade -spot_img