Mais de 300 estudantes sequestrados são libertados na Nigéria
Durante o sequestro, alguns jovens conseguiram escapar subindo pelo muro da escola e indo em direção à floresta. | Foto: Ilustrativa / Portas Abertas

Os estudantes ficaram seis dias em cativeiro e foram libertados após a divulgação de um vídeo.

Cerca de 344 estudantes que foram sequestrados da escola de Kankara, estado de Katsina na Nigéria, foram libertados depois de serem mantidos por seis dias em cativeiro. A soltura veio após um vídeo em que um dos meninos pediu ao governo para, entre outras coisas, cancelar os grupos de vigilantes e soldados que perseguem grupos radicais e fechar todas as escolas.

Uma fonte da segurança nacional da Nigéria, disse à agência Reuters que os agressores responsáveis pelo ataque estariam disfarçados de integrantes do Boko Haram, mas não faziam parte do grupo. Então, de acordo com o governo, ainda não foi possível identificar a origem dos agressores e o que os motivou a realizar o ataque. Alguns alunos, que conseguiram fugir do sequestro pulando a cerca da escola e correndo pela floresta, disseram que os militantes estavam armados com rifles de assalto e reuniram as vítimas em filas.

De acordo com testemunhas locais, os estudantes libertos não foram feridos e permanecem em boas condições físicas. Em declaração, o governador do país, Aminu Bello Masari, disse: “Recuperamos a maioria dos meninos. Mas ainda não são todos, alguns permanecem presos. Estamos em contato com os agressores para que todos sejam libertos”.


DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui