Como será o advento do anticristo?
Como será o advento do anticristo? | Foto: Reprodução

A Bíblia nos dá detalhes sobre os sinais que surgirão antes da manifestação do anticristo

Já vimos várias notícias a respeito do aparecimento do anticristo, e que ele já está atuando na terra, e coisas semelhantes. Porém, existem informações fundamentais para a compreensão desse assunto de extrema importância para igreja.

A Bíblia nos dá detalhes sobre os sinais que surgirão antes da manifestação desse ser caracterizado da expressão (anticristo) para descrever aquele que se opõe a Cristo.

De uma forma diligente, vamos exemplificar alguns pontos através de uma narrativa interpretativa resumida sobre o assunto.

Um dos primeiros sinais seria a chamada “apostasia” no grego “απόστασις” – “apóstasis” que significa “afastamento”, um distanciamento das doutrinas bíblicas.

“Não vos deixes enganar de forma alguma, por ninguém. Porquanto, antes daquele Dia virá a apostasia e, então, será revelado o homem da iniquidade, o filho da perdição” (2 Tessalonicenses 2:3).

Algo que pode estar associado a apostasia é o “relativismo”, a igreja se associando ao mundo, criando laços com ímpios no sentido de aceita-los em sua fé sem a real conversão.

Agora a apostasia é um sinal tanto do advento do anticristo como também do início da grande tribulação.

No evangelho de Mateus Jesus fala de um dia terrível que seria a profanação, algo similar a apostasia, que é um sinal crucial do início da grande tribulação – “E, assim, quando virdes a profanação horrível da qual falou o profeta Daniel, no Lugar Santo” (Mateus 24:15).

Além da apostasia, existe outro sinal que impede a manifestação do anticristo que, segundo algumas linhas teológicas é o “Espírito Santo”.

O Espírito Santo seria aquele a quem detém o advento desse ser conforme Paulo descreve em 2 Tessalonicenses: […] “somente há um que agora o retém até que do meio seja tirado”.

A expressão “somente há um” é indicativo de uma pessoa. Esse termo “um” pode estar associado a um pronome indefinido, ou seja, pode estar associado ao “Espírito Santo” que seria o indicativo do texto devido a alguns exemplos:

1) João é enfático em afirmar que o que está em nós é maior do que aquele (anticristo) que está no mundo. “Filhinhos, vós sois de Deus e tendes vencido os falsos profetas, porque maior é Aquele que está em vós do que aquele que está no mundo” (1 João 4:4 KJV).

Quando João diz “Aquele que está no mundo” ele está dizendo que existe um poder que opera de maneira discreta sobre toda humanidade.

Por essa razão, ele afirma dizendo “Sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está sob o poder do Maligno” (1 João 5.9).

Quem é aquele que está em nós, que é maior do que aquele que está no mundo? – O Espírito Santo!

2) Outro detalhe estaria associado ao arrebatamento. Jesus diz que enviaria para o consolador, que estaria sempre conosco “até que ele viesse”. “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós” (João 14:16 ACF).

A manifestação do Espírito Santo na terra era de coordenada “momentânea” agora se tornou “imediata” pois, agora somos a sua morada. “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” (1 Coríntios 6:19ACF).

Na medida que fomos arrebatados sendo o templo e morada do Espírito Santo ele também será retirado para a manifestação do anticristo.

3) Outro detalhe seria o papel do Espírito Santo é combater a “iniquidade”. “E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo” (João 16:8).

Como poderia agir o anticristo com a manifestação do Espírito Santo atuando na terra, sendo ele o reflexo da justiça e verdade? – Por essa descrição afirmativa, entendemos que o Espirito Santo e a Igreja são fundamentais na narrativa dispensacionalista, que detém o início da grande tribulação e a manifestação do anticristo.

Essas foram algumas colocações fundamentais na mecânica desse acontecimento que se dará após o arrebatamento da igreja, e início da grande tribulação!


DEIXE UM COMENTÁRIO 
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui