Inferno, uma triste realidade!
Porta para o inferno | Foto: Xusenru/Pixabay

Há quem diga que o lugar faz parte da mente nervosa de alguns fanáticos religiosos, no entanto, a realidade do inferno é uma verdade inquestionável.

Jesus durante seu ministério terreno, ensinou sobre a triste realidade de um lugar que a bíblia denomina de inferno. Para tanto, utilizou-se de um recurso ilustrativo na forma de história, para esclarecer assunto tão polêmico e inquietante.

A famosa parábola do rico e Lázaro registrada no Evangelho do Senhor Jesus Cristo, segundo escreveu o evangelista Lucas em Lc 16.19-31, nos traz verdades inquietantes acerca desse lugar de sofrimento e dores.

Jesus deixa claro que todos os homens se tornam iguais ao experimentar a morte (Lucas 16.22), futuro inexorável de todo ser humano, e que após a morte física, existe vida no mundo espiritual (Lucas 16.23).

Para entendermos melhor os fatos, precisamos contextualizar socialmente o discurso do Senhor Jesus. Geena era um local em que se queimava o lixo da cidade, os dejetos produzidos pela comunidade eram ali incinerados, Jesus lança mão deste lugar que se localizava fora das muralhas de Jerusalém, para falar sobre o fogo que nunca se apaga no inferno, um lugar imundo e feio, um lugar insalubre e terrível, de sofrimento e decadência, onde a dor é constante.

Porém, no Geena terrestre, não havia homens em sofrimento, então Jesus amplia a ideia e chega até o ponto em que a ilustração deixa lugar para a realidade.

Jesus nos conta que naquele lugar ninguém está autorizado a sair, ou seja, existe apenas uma porta de entrada, mas não existem portas de saída (Lucas 16.27-31). Ali o clamor por socorro não é atendido (Lucas 16.24-26)

O sofrimento é real e eterno, não havendo possibilidade de alterar a realidade daquele lugar. Uma vez ali, não existe a possibilidade de fuga ou habeas corpus, resta apenas o sofrimento eterno e inenarrável.

O inferno é real, e só existe uma forma de escaparmos dele, aceitando Jesus como salvador, Ele mesmo falou:  Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim (João 14.6).

Há quem diga que o lugar faz parte da mente nervosa de alguns fanáticos religiosos, há quem diga que um Deus amoroso e justo jamais permitiria que o homem, tenha morada eterna nesse lugar terrível, há quem diga que não passe de lenda e estória sem sentidos.

Porém quem nos falou acerca desse lugar, foi o próprio Senhor Jesus, o Mestre não pecou, não mentiu, não enganou, não trapaceou, não cometeu quaisquer transgressões, sempre tratou os homens com dignidade e respeito, jamais houve em sua fala engano, portanto a realidade do inferno é uma verdade inquestionável.

Devemos levar o assunto à sério, e tomarmos a decisão de ir morar no céu de gloria enquanto há vida, porque após a morte, segue-se o juízo (Hebreus 9.27).

Escapa-te pela tua vida (Gênesis 19.17), ainda há esperança! Jesus te ama!


DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”
.
Seara News 25 anos

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui