Casamento e sexo, um relacionamento bíblico

Casamento e sexo, um relacionamento bíblico
O sexo no casamento é bom, sagrado e ordenado por Deus. | Foto: Nghia Le / Pixabay

O que a Bíblia diz sobre sexo no casamento? A Bíblia incentiva a intimidade sexual entre marido e mulher.

Sexo no casamento

Deus fez os homens e mulheres seres sexuais. Ele tornou o sistema nervoso humano capaz de receber prazer no ato sexual. O sexo no casamento é bom, sagrado e ordenado por Deus.

A Bíblia diz que os cônjuges devem oferecer seus corpos um ao outro em casamento e não devem negar um ao outro, exceto por um curto período de jejum (1 Coríntios 7.3-5).

- Publicidade -

Sexo para o prazer no casamento

Existem algumas pessoas religiosas que acham que a única razão para o sexo é a reprodução.

Outros acreditam que há razões mais elevadas para o sexo – a saber, a união definitiva de um homem e uma mulher casados ​​- unindo seus dois espíritos, unindo suas duas mentes e seus dois corpos.

No Antigo Testamento, o termo para relação sexual era “conhecer” (marido ou mulher). O conhecimento mais íntimo dos cônjuges surge por meio dessas três uniões em um casamento cristão. É por isso que os cristãos podem ter uma vida sexual muito mais estimulante do que os não cristãos. Os não-cristãos não podem se unir no espírito. Eles não têm essa dimensão extra.

E quanto ao sexo oral?

A Bíblia não é explícita sobre as práticas sexuais entre pessoas casadas. Embora diga que o leito matrimonial deve ser imaculado, não diz o que significa isso (ver Hebreus 13.4). Existem várias práticas de amor e sexualidade em casamentos em que a Bíblia silencia. Portanto, é difícil pontuar e dizer: “Bem, isso está certo e isso está errado”.

Em questões indefinidas como esta, existe uma regra bíblica: “Tudo o que não vem da fé é pecado”. Se alguém sente que o sexo oral não vem da fé, então não deve fazê-lo. Deus nos chamou para a santidade, não para sensualidade. Todavia, a expressão do amor físico e sexual no casamento é boa, santa e concedida por Deus.

Portanto, não tenha medo de pedir a Deus que o direcione para aquelas expressões de sexualidade que são aceitáveis ​aos Seus olhos.

___

* Texto adaptado do livro Answers to 200 of Life’s Most Probing Questions, de Pat Robertson.
** Marion Gordon “Pat” Robertson é um pastor pentecostal, advogado e ex-candidato à presidência da República dos Estados Unidos. Alcançou reconhecimento nacional e internacional como apresentador cristão, filantropo, educador, líder religioso, empresário e escritor. Ele é o fundador e presidente da The Christian Broadcasting Network (CBN) Inc., e fundador da International Family Entertainment Inc., Regent University, Operation Blessing International Relief and Development Corporation, American Center for Law and Justice, The Flying Hospital, Inc. e várias outras organizações e entidades de transmissão.
Fonte: CBNNews

DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”
Se encontrou algum erro, ou deseja sugerir uma pauta, falar conosco. Clique aqui!

2 COMENTÁRIOS

  1. A paz do SENHOR. Alguém aí, pode me dizer, a partir de quando o casamento se tornou burocrático? Qual foi o primeiro casamento registrado em cartório? E no passado, que não tinha esse trâmite, o sexo praticado, era promíscuo? Perguntar, é aprender.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui