Por que a cantora Fabiana Anastácio morreu de Covid-19?
Vamos rever nossa irmã em Cristo Fabiana Anastácio nas “bodas do Cordeiro” | Foto: Reprodução

Nossa expectativa é que vamos rever a nossa irmã em Cristo Fabiana Anastácio na grande mesa do Senhor, nas “bodas do Cordeiro”…

Por Robson Aguiar

Porque ela não cumpriu a quarentena? Porque o hospital não lhe atendeu de forma correta? Porque ela estava no grupo de risco? Ou porque sua missão na terra encerrou e Deus a chamou?

Eu não sei se a cantora não estava confinada, mas se estava, um dia ela teria que sair, como todos terão, e o vírus não vai deixar o país apenas porque estamos em casa.

Esse é um argumento totalmente equivocado, dramático e falacioso.

Digo e repito, o motivo de decretação de quarentena NÃO É PARA ACABAR COM O VÍRUS, e sim para EQUIPAR HOSPITAIS para receber o possível grande número de infectados.

Do ponto de vista clínico, segundo informações de alguns sites, a cantora era hipertensa, diabética e estava acima do peso.

Também foi informado que depois de diagnosticada com coronavírus, durou sete dias até que a família da cantora conseguisse interná-la.

Lamento profundamente a morte da cantora, mas isso não pode ser usado para trazer mais PÂNICO à sociedade.

Não sou fatalista, mas como cristão acredito no “livro da chamada” que independe de catástrofes, pandemias e outras formas de justificar a morte.

Há tempo para tudo, tempo para nascer e tempo para partir desta vida (Ec 3.2).

Não devemos ignorar o vírus e seu perigo, mas também não podemos andar assustados e sem confiança em Deus. Isso trará outros problemas como, ansiedade, angustia e depressão.

“Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum” (Sl 23.4).

“O anjo do Senhor acampa ao redor do que o teme e o livra” (Sl 34.7).

“Mil cairão ao teu lado, dez mil a tua direita e tu não serás atingido” (Sl 91.7).

A morte não veio por causa da pandemia. A pandemia veio por causa da morte.

Sei que os familiares e amigos sentirão a momentânea ausência da irmã Fabiana Anastácio, mas a Bíblia garante que um dia todos os mortos ressuscitarão, assim como Cristo ressuscitou.

Não devemos entrar em desespero como fazem os que vivem sem fé. Não acreditamos no acaso.

Nossa expectativa é que vamos rever a irmã Fabiana na grande mesa do Senhor, nas “bodas do Cordeiro”, e devemos nos consolar porque ela combateu o bom combate, encerrou a carreira e guardou a fé (2 Tm 4.8).

Porque, assim como por um homem veio a morte, também por um homem veio a ressurreição dos mortos (1 Co 15.21).

O que temos a fazer é estar preparados para quando o nosso dia chegar.

Que a irmã Fabiana Anastácio descanse em paz, e que Deus ministre consolo sobre seus familiares.

R.A


DEIXE UM COMENTÁRIO 
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui