Governo do Espírito Santo elabora o programa ‘Agenda Mulher’
O programa Agenda Mulher é uma iniciativa da vice-governadora Jaqueline Moraes | Foto: Comunicação / Vice-Governadoria

Agenda Mulher surge com base no Plano Estadual de Políticas para as Mulheres e o Pacto Estadual pelo Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres.

O programa Agenda Mulher é uma iniciativa da vice-governadora Jaqueline Moraes, que envolve ações integradas com as Secretarias de Estado de Direitos Humanos e de Planejamento.

O encontro que deu partida ao programa aconteceu na última sexta-feira (29), no Palácio da Fonte Grande, em Vitória, e foram convidadas vereadoras, prefeitas e vice-prefeitas, deputadas estaduais e federais e senadora, além de secretárias de Estado e outras mulheres ocupantes de cargos na administração pública.

No total, 40 mandatárias e outras 60 convidadas ocupantes de cargos importantes no Estado, participaram da primeira reunião de trabalho, sob o comando da vice-governadora, e discutiram as diretrizes e os princípios para orientar a formação da Agenda Mulher, criando uma rede de proteção e promoção de ações integradas de visibilidade e empoderamento das mulheres capixabas, por meio de escuta ativa, com foco no empreendedorismo e geração de renda.

Na ocasião, Jaqueline Moraes destacou pontos que considera a importância do projeto. “A independência financeira, a rede de apoio, a possibilidade de trabalhar com o que gosta fortalecem a causa da mulher, e garante que, cada vez mais, as mulheres assumam posições de destaque no mercado de trabalho e em diversos outros espaços públicos”, pontuou.

De acordo com a vice-governadora, esse é o foco da Agenda Mulher. “Trata-se do primeiro passo para um programa de empreendedorismo e empoderamento feminino, tendo como diretrizes institucional, social e política, que busca fortalecer a luta contra a invisibilidade feminina. A ideia é que mais mulheres se dediquem a essa atividade e transformem não só a sua realidade, mas também a de muitas pessoas a seu redor”, disse.

As mandatárias – vereadoras, prefeitas e vice-prefeitas, deputadas estaduais e federais –, foram convidadas a apresentarem propostas de atuação conjunta de ações que garantam a visibilidade, com foco no empreendedorismo e também a darem um panorama dos principais problemas em suas regiões.

Várias sugestões colaborativas foram apresentadas e pactuadas para serem aprofundadas em outro encontro quando a Agenda Mulher será apresentada ao governador Renato Casagrande.

Segundo a Assessoria de Comunicação da Vice-Governadoria, essa agenda de políticas para as mulheres, de caráter institucional, social e política, não será de exclusiva responsabilidade das mulheres. No âmbito municipal, os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores também serão chamados a se comprometerem com os temas e termos da agenda e a sua execução.

A Agenda Mulher terá como base o Plano Estadual de Políticas para as Mulheres e o Pacto Estadual pelo Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres.

Com informações da Rede de Comunicação do Governo do Espírito Santo 
DEIXE UM COMENTÁRIO_____________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui