25 C
Vila Velha

E quando a anestesia passar?

EM FOCO

Higor Inocêncio de Oliveira
Cristão, educador financeiro e investidor, atuante no mercado financeiro desde 2007; trabalhou nas maiores instituições financeiras do país. Dedica-se integralmente ao ensino sobre finanças pessoais. Graduado em administração e marketing pela faculdade batista de vitória (Fabavi). Cursando Superior de Telogia pela CEFORTE.

Viva uma realidade sem a fantasia dos “analgésicos”…

Existe uma velha frase atribuída ao megainvestidor Warren Buffet que diz algo semelhante à “é quando a maré baixa que descobrimos quem estava nadando nu”. Esta frase traz consigo uma verdade muito profunda semelhante ao mesmo sentimento de quando percebemos que determinada anestesia teve seu efeito cortado e o que resta é a dor da realidade.

Uso tais analogias para trazer à memória todas as vezes que a “anestesia” da entrada de um novo ano, um novo governo, uma nova gestão e etc. tende a causar em nós.

Desejo que o querido leitor(a) comece a desfrutar da atual realidade em que vive sem a fantasia dos “analgésicos”, pois só assim será possível uma real transformação em todas as esferas da vida; e como falamos sobre finanças, desejo o mesmo nessa área também.

É muito cômodo estarmos “anestesiados” com promessas sem fundamentos, tais como: “ano que vem me organizo financeiramente”, “na próxima segunda começo uma atividade física”, “um dia aprendo uma habilidade nova” e por aí vai.

Entenda que tudo que nos isentamos de fazer agora, já, hoje… nosso cérebro automaticamente dá um jeito de rotular como desinteressante, difícil, improvável. Ele não o faz por mal, mas sim por uma questão de preservação de energia. Já percebeu que aquilo em que focamos geralmente conseguimos realizar?

Isso ocorre porque tudo que depositamos energia tende a se reverter em resultados.

Pense agora que esse princípio se aplica perfeitamente também em finanças. Como assim? Se você se propuser em começar hoje a trilhar um caminho de maior equilíbrio financeiro, todo seu foco aplicado hoje se converterá em resultados amanhã.

A lei da semeadura é implacável. Se não plantarmos, não colheremos!

Minha sugestão é que você apenas se proponha a começar. Comece poupando uma pequena parte da sua renda mensal (comece com 10%), após isso virar um hábito, comece a estudar produtos que melhor possam rentabilizar seu capital e te proteger da inflação, e dia após dia você verá o milagre que o “começo” pôde te proporcionar.

Apenas comece!


DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”
Se encontrou algum erro, deseja sugerir uma pauta, ou falar conosco. Clique aqui!
- Publicidade -

LEIA TAMBÉM

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
www.AutoPECAS-online.Pt

LEIA TAMBÉM