Covid-19: Ações desenvolvidas pelo Governo do Estado do Espírito Santo
Equipe médica verifica o medicamento usado em um paciente infectado pelo coronavírus COVID-19 no Hospital da Cruz Vermelha em Wuhan, na China. | Foto: Distribuição/China/AFP

A primeira medida adotada foi a ativação do Centro de Operações de Emergência (COE), coordenado pela Gerência de Vigilância em Saúde (GEVS).

Desde o anúncio dos primeiros casos suspeitos do Covid-19 no mundo, o Governo do Espírito Santo iniciou a tomada de uma série de ações para controlar a disseminação da doença no Estado, bem como medidas para a realização de atendimentos a casos suspeitos e confirmados.

A primeira medida adotada foi a ativação do Centro de Operações de Emergência (COE), coordenado pela Gerência de Vigilância em Saúde (GEVS), para gerenciar as ações de prevenção e controle do novo coronavírus, que se reúne semanalmente para atualizar informações e medidas.

Formado o COE, foi elaborado o Plano Estadual de Prevenção e Controle do COVID-19, que está em sua quarta edição e aponta os hospitais de referência para atendimento a casos suspeitos e confirmados, e define ações a serem adotadas em relação ao controle e prevenção. O Plano é atualizado de acordo com as mudanças da situação epidemiológica no mundo, em alinhamento com as diretrizes nacionais.

Além disso, também foi realizado um alinhamento com toda a rede de saúde pública do Estado quanto à atuação das vigilâncias municipais, e ainda, um alinhamento de ações com a rede de saúde privada, incluindo planos de saúde.

Na rede hospitalar pública foram realizados treinamentos com as equipes de técnicos para realização de investigação epidemiológica dos casos suspeitos e seus contatos. Essa orientação também foi transmitida para a rede privada.

Outra medida adotada foi a solicitação da Sesa, junto ao Ministério da Saúde para habilitar o Estado para a realização de análises do Covid-19 nos pacientes do próprio território. Para isso, houve a preparação do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/ES) para diagnóstico de casos. Com a habilitação, o Lacen/ES recebeu, na última segunda-feira (09), 10 kits para testagem do novo coronavírus, o que permitem a testagem de 240 amostras que não precisarão mais serem encaminhadas para o Rio de Janeiro.

Outras ações adotadas:

– Reuniões com Conselho Regional de Medicina, Associação de Infectologistas e outras entidades de classe para apresentação de ações e ouvir sugestões;

– Implantação de um comitê com especialistas, que atuam diretamente no COE;

– Encaminhamento diário de informações atualizadas para as Unidades Regionais de Saúde e Ministério da Saúde;

– Divulgação de informações epidemiológicas, por meio de boletim diário no portal da Sesa;

– Organização de coletivas para notícias específicas e entrevistas diárias para a imprensa;

– Realização de campanha de mídia (tv, rádio, portais de notícias on-line) com orientações de higiene visando a reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias;

– Reunião técnica com ministérios públicos Federal e Estadual;

– Reunião técnica com diretores de hospitais da rede pública sobre o Plano;

– Reunião técnica com prefeituras para alinhar ações do Plano Estadual de Prevenção e Controle do COVID-19;

– Reunião com as Secretarias de Estado da Justiça e da Educação para alinhamento de ações conjuntas;

– Elaboração de Nota Técnica conjunta entre Sesa e Sedu específica para as escolas;

– Manutenção de canal de comunicação para discussão de casos e orientação de condutas, voltado aos profissionais de saúde;

– Apresentação na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) para esclarecimentos de dúvidas aos membros da casa;

– Organização para início da campanha de vacinação contra a influenza.

Fonte: Governo do ES

Seara News 25 anos

Ajude-nos a continuar a ser um aporte eficaz na comunicação cristã, apoiando o Seara News.
Acesse https://apoia.se/searanews
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui