25 C
Vila Velha

Xuxa sugere reescrever a Bíblia para “tirar todo ódio”

EM FOCO

Robson Aguiar
Robson Aguiar
Teólogo, articulista, comentarista cristão, e pastor presidente da Assembléia de Deus, em Caetés III, Abreu e Lima-PE,

A Bíblia não é para ser moldada de acordo com os pensamentos das pessoas e sim, as pessoas se enquadrarem de acordo com aquilo que diz a Bíblia.

Pode até alguns pastores cederem a pressão dos ímpios e sugerirem uma atualização da Bíblia, a repaginando, torturando seus textos até que confessem o que eles querem, isso já aconteceu com algumas Bíblias como a freestyle e a Bíblia de Estudo inclusiva.

Também há pouco tempo o famoso pastor Ed René Kivitz sugeriu que a Bíblia precisava ser atualizada.

Isso nos reporta ao século XVIII, no chamado “século das luzes” o iluminismo foi introduzido nas escolas para desconstruir a fé. Como pano de fundo usaram a teoria evolucionista acompanhada de muita filosofia e ciência para atacaram a Bíblia rotulando-a como livro mitológico.

John Locke é considerado o “pai do Iluminismo”. Escreveu “Ensaio sobre o entendimento humano”, aonde Locke defende a razão afirmando que a nossa mente é como uma tábula rasa sem nenhuma ideia.

Outros expoentes do iluminismo foram: Voltaire, Denis Diderot, David Hume, Immanuel Kant, Adam Smith, Jean-Jacques Rousseau e Montesquieu.

E para tentar conciliar o que estava escrito na Bíblia com o que ensinava os iluministas (dando assim, satisfação aos cientistas), teólogos liberais surgiram nessa época, como o alemão Friedrich Scheleiermarcher que passou a negar a autoridade, bem como a historicidade dos milagres de Jesus.

Ao invés de pregarem que Jesus andou sobre as águas, diziam que Jesus conhecia o caminho das pedras; ao invés de ensinar que Jesus multiplicou os pães e peixes, diziam que Jesus não multiplicou os pães, mas deu o exemplo do menino para que os que trouxeram comida, dividissem com os demais.

Bem, é nessa esteira que tem caminhado alguns pastores brasileiros na atualidade. Não querendo talvez ficar mal diante do público, ou por motivos desconhecidos dos teólogos ortodoxos, eles vão sempre tentando ajustar o que diz as Santas Escrituras com o pensamento do presente século.

Segundo o portal Gospel+, Xuxa, ficou revoltada com Malafaia por ele citar a Bíblia contra aquilo que ela crê e talvez pratique. A ex-global está condenando a mensagem bíblica pregada por Silas, baseada em sua visão de valores.

Como se ela estivesse num patamar moral acima de Cristo, dos apóstolos, dos pais da igreja, e de todos os cristãos e tivesse propriedade para dizer o que é bom ou ruim. Na sua ignorância, sugeriu que a Bíblia fosse reescrita descredenciando o próprio Deus. Sugiro que ela nasça de novo (Jo 3.3).

Aos colegas pastores aconselho a continuarem firme na doutrina dos apóstolos, não cedam aos caprichos políticos, não desçam da cruz e nem a troque por moedas com a cara de Marx ou Freire.

R.A

- Publicidade -

LEIA MAIS...

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

LEIA TAMBÉM

ESTUDOS E DEVOCIONAIS

- Publicidade -
Rádio Seara News
- Publicidade -
Suprema Contabilidade
- Publicidade -spot_img