Visão Cristã sobre Política - livro do pastor Geremias Couto
Visão Cristã sobre Política, capa

 

“Em tempos de eleição, candidatos se apresentam como defensores dos valores cristãos”.

Por Mario Sérgio de Santana

O livro Visão Cristã sobre – Política, é um ensaio de autoria do pastor Geremias Couto sobre a participação dos crentes na política. Logo em sua introdução, o autor avisa que seu objetivo não é “enaltecer a política como meio de redenção, nem fornecer um passaporte puro e simples de integridade aos políticos”. Mas refletir, biblicamente, sobre um tema tão mal compreendido entre os evangélicos em geral.

Afinal, deve o cristão atuar na política? Reconhece o escritor, que o quadro atual não é muito animador. Candidatos em tempos de eleição apresentam-se como defensores dos valores cristãos, mas tão logo eleitos, abandonam o discurso para se dedicar a “negócios escusos, visando a satisfação de seus interesses pessoais”.

Com tantas decepções, a atitudes de muitos crentes é de alienação e apatia aos assuntos vinculados ao tema. Com clareza e objetividade, o jornalista aborda o conceito de política e o equívoco do ensino da suposta dicotomia entre o sagrado e o profano, o que leva muitos crentes a ver a vida pública com desprezo.

Em sua explanação, pastor Geremias explica que a “vida cristão é uma só, sem dicotomias, sem estar seccionada, para ser vivida em qualquer dimensão em que estivermos”. Ou seja, o cristão em todas as circunstâncias da vida e profissões deve cumprir a missão de ser “sal da terra e luz do mundo” (Mateus 5.13-14). Incluindo a política.

Citando os exemplos do holandês Abraham Kuyper (1837-1920) e do inglês William Wilberforce (1759-1833), Couto descreve como um cristão pode estar presente na vida pública contribuindo para a justiça social sem abrir mão dos seus princípios ou aderindo ao fisiologismo tão em voga nos meios políticos.

Mas para que isso aconteça, é necessário a observação de alguns critérios:

Primeiro: o preparo para lidar com as diversas questões políticas e sociais enfrentadas na atuação pública. Em uma sociedade heterogênea e complexa como a brasileira, a ampla visão de mundo e a capacidade para dialogar com as diferentes vertentes políticas são condições mais que necessárias para o bom êxito da atuação parlamentar.

Segundo: a finalidade da política deve ser servir ao povo e não simplesmente a interesses específicos. Em outras palavras, o político evangélico não deve ser apenas um “despachante de luxo” das igrejas ao qual está ligado.

Terceiro: o púlpito ou o culto não deve servir de palanque eleitoral. O templo é local de adoração a Deus e não um espaço para comícios contrariando à legislação eleitoral.

Como ex-membro do Conselho Político da CGADB, toca também em um dos pontos nevrálgicos da questão política atual: a candidatura de pastores a cargos eletivos. “Creio firmemente que pastores não devem candidatar-se, a não ser que, conscientes da chamada de Deus para a vida pública, se licenciem do pastorado”, afirma o autor.

Para fundamentar essa ideia, cita Abraham Kuyper, que ao disputar cargos públicos na Holanda, licenciou-se do cargo de pastor da Igreja Reformada Holandesa. Aliás, a orientação de afastar-se das funções pastorais é algo previsto na resolução aprovada na Assembleia Geral Ordinária da CGADB em Belo Horizonte (MG). Resolução solenemente ignorada por muitos obreiros, inclusive pelo pastor Paulo Freire da Costa, líder da AD em Campinas e filho do presidente da convenção.

E por fim, o escritor relaciona a espiritualidade com a cidadania e a vida social do cristão. O exercício da cidadania se dá em todas as ações do crente. Nas escolas, associação de moradores, sindicatos e empresas, o crente deve participar ativamente para promoção do evangelho e da justiça social.

Visão Cristã sobre Política, é leitura obrigatória para líderes e membros desejosos de aprofundar os debates sobre o atual modus operandi da escolha de candidatos oficiais, e as práticas dos nossos intitulados “representantes”. Fica a dica…

Fonte: Memórias das Assembleias de Deus – COUTO, Geremias. Visão Cristã sobre – Política. Campina Grande: Visão Cristã, 2016.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui