Virtudes necessárias para suportar os outros

0
62

servir-suportar-os-outros

Por Silvio Costa

“Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor” (Ef 4.2).

Paulo no texto acima introduz quatro graças que são elementos essenciais naquela vida “digna”, que é apropriada a vida do cristão. Estas quatro graças não esgotam o assunto. Como o restante desta passagem, elas se referem a características que são críticas se a igreja desejar experimentar o amor e a unidade.

HUMILDADE: Na cultura grega, humildade era uma expressão de desprezo aplicada aos que eram inferiores socialmente. No NT a palavra é positiva, representando a avaliação adequada que uma pessoa faz de si mesma em relação a Deus e aos outros. A pessoa humilde vê os outros como pessoas de grande valor porque elas são amadas por Deus e encontra satisfação ao servi-las.

MANSIDÃO: Aqui também tem o sentido de consideração. As palavras derivadas desta raiz sugerem uma qualidade suave, calmante. Em lugar de provocar discórdia, uma pessoa mansa tende a gerar um clima pacífico e harmonioso ao seu redor.

PACIÊNCIA: Ser paciente é ter a capacidade de autocontrole que capacita uma pessoa a continuar amando e perdoando apesar das provocações.

SUPORTANDO: Este termo também é sinônimo de “agüentando” até que a provação termine.

Basicamente, Paulo nos deu uma explicação clara do amor que ele deseja que os membros da igreja exibam. Se vivermos nestes termos, uns com os outros, aprenderemos o que é o amor, e sentiremos o amor que Cristo tem por cada um de nós.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome