Vice-presidente dos EUA diz que passa mais tempo orando do que na internet
Mike Pence é vice-presidente dos Estados Unidos. (Foto: Chip Somodevilla/Getty Images)

O vice-presidente americano explicou que lida com os críticos se colocando em oração, inclusive por aqueles que o criticam.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, pede que as pessoas passem mais tempo ajoelhadas em oração do que on-line. Especialmente quando enfrentam desafios.

Na última terça-feira (6), Pence falou em um evento da Alliance Defending Freedom (ADF). Ele abordou a controvérsia que envolveu sua esposa, a segunda-dama Karen Pence, no começo deste ano.

A controvérsia foi gerada porque Karen Pence voltaria a lecionar em um curso de meio período de uma escola cristã. No entanto, ela já havia lecionado ali anteriormente, quando seu esposo ainda era um congressista.

A Escola Cristã Immanuel em Annandale, Virgínia, exige a adesão a uma declaração de crença de fé. A declaração deve incluir um histórico de ensinamento cristão sobre casamento e ética sexual. A escola pede que professores e alunos mantenham “um estilo de vida baseado nos padrões bíblicos de conduta moral”.

Grande parte da mídia secular relatou isso como mais um exemplo do suposto desprezo de Pence pelas pessoas LGBT.

Durante o encontro com o presidente da ADF, Michael Farris, o vice-presidente rebateu uma fala de um comentarista de televisão. Segundo o comentarista, Pence deveria ter assumido que o fato de sua esposa lecionar em uma escola cristã seria “controverso”.

“Honestamente, não vimos isso acontecendo. Nossos filhos foram para essa escola”, disse Pence à multidão.

Ao ser questionado sobre como faz para lidar com os críticos, Pence respondeu enfaticamente.

“Número um é passar mais tempo de joelhos [em oração] do que na internet. Como crentes, cristãos, somos cobrados a orar pelos nossos entes queridos, mas também oramos pelos nossos inimigos. Você tem muitas oportunidades na política para fazer isso”, disse ele, recebendo risos da multidão. “Perdão é um grande dom”.

Liberdade religiosa

O evento da ADF destacou a liberdade religiosa e a santidade das questões da vida humana.

Pence elogiou o trabalho da administração de Trump e dos aliados no Congresso para aprovar e instituir várias políticas pró-vida. Declarou que a maior honra de sua vida era servir junto a um presidente que “permanece sem desculpas” pelos não-nascidos.

O vice-presidente concluiu suas observações contando que o dia mais importante de sua vida foi quando recebeu a Cristo.

“Sua graça sustentou a mim, minha esposa, minha família, todos os dias. Arranje tempo para renovar sua mente”, disse o vice-presidente.

Adaptado com informações do Portal Guiame
DEIXE UM COMENTÁRIO_____________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui