A tua fala te denuncia

0
173

Você é um deles, porque o teu modo de falar o denuncia”.

por Pr. Antônio Mesquita

A tua fala te denunciaEsta frase registrada em Mateus 26.73 diz respeito a Pedro. Como um ‘matuto’ galileu detinha o regionalismo que os sulistas, os da capital, detectavam facilmente. Não dava para negar as origens.

Essa indicação é positiva (diante da atitude negativa da negação do discípulo) e uma forma de denunciar a inconsequência de Pedro.

Mas nem tudo estava perdido. Havia uma esperança que o Pedro, duro como ‘pedra bruta’, não conseguia enxergar.

Por fim, ele mesmo se convence de sua incapacidade de aprendiz do Mestre e decide:

– ‘Voltarei a pescar’ (Jo 21.3).

Porém, como quem põe a mão no arado não deve olhar para trás, o próprio Senhor dá testemunho do fragilizado discípulo, como o único a ter também a seguinte – e única – referência, agora do Mestre, após ressurreto, e não dos homens:

– ‘Diga a Pedro’ (Mc 16.7).

Seria como afirmar: “Não levei em conta a sua fraqueza e quero tê-lo por perto… Quero você na minha obra…

Os pecados de Pedro e Judas são semelhantes e dizem respeito à traição, mas, o SENHOR que ‘examina o coração’ estabelece respostas diferentes, pois a fala de Pedro não é o mesmo que o Pedro da fala!

Por fim, Pedro é reencontrado pelo SENHOR, entretanto, não o reconhece, até que presencia atônito, um milagre (Jo 21).

Agora, parece que o Pedro-pedra funde-se à Rocha, para nunca mais dela sair:

“E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros” (Jo 21.15).

É assim. Mostramos nossas fraquezas e desânimo e o SENHOR nos reanima e nos manda caminhar:

– ‘Apascenta os meus cordeiros’, pois ainda o amamos, não é mesmo?!

‘Tão-somente esforça-te e tem bom ânimo, porque tu farás…’ (Js 1.6). Das demais coisas Ele cuida (Mt 6.33).

Em frente companheiro(a)… Temos outra opção?! Para quem ou aonde iremos nós, se só Ele detém a Vida Eterna?!

Obs: Este texto o SENHOR despertou-me para escrevê-lo. Com certeza tem direcionamento.

Pr. Antônio MesquitaAntônio Mesquita
Pastor, jornalista e escritor. Gestor-executivo da Comadems – Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus no Estado do Mato Grosso do Sul.
Editor do blog Fronteira Final

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome