Transcol terá 50% da frota reduzida por decisão do Governo do ES
Seiscentos motoristas já foram afastados, por suspeita de gripe ou virose ou por estarem em grupo de risco. (Foto: Reprodução)

O Governo do Estado decidiu tirar de circulação até 50% da frota do Transcol a partir de segunda. No horário de pico, o número de coletivos circulando será de 70%. Ônibus intermunicipais só devem vender metade das cadeiras disponíveis.

O governador, Renato Casagrande, anunciou novas medidas para conter o avanço do coronavírus no território capixaba, dentre elas a redução da frota do Transcol. As ações do governo, que visam a restringir ainda mais a circulação de pessoas, foram divulgadas na tarde desta sexta (20).

Haverá redução de 30% da frota a partir de segunda-feira, no horário de pico. Fora do horário de pico o corte será de 50%. Seiscentos motoristas já foram afastados, por suspeita de gripe ou virose ou por estarem em grupo de risco. Ficam em isolamento por 14 dias.

Os ônibus só vão sair do terminal com o número de passageiros limitado à quantidade de cadeiras, ou seja, nenhum veículo sai com ocupantes sem seu devido assento.  Segundo o governador, a circulação de passageiros nos últimos dias já diminuiu 40%.

Ônibus intermunicipais só devem vender metade das cadeiras disponíveis. Quem tem serviço eletrônico, que ofereça somente essa opção. Caso não tenha, que marque o agendamento.

Casagrande fez um apelo para que as pessoas mais idosas, as mais vulneráveis, permaneçam em casa. “Pedi a ajuda do Exército, para que circule com seus veículos para orientar as pessoas”, disse ele, que aguarda a resposta da Força Armada.

Os serviços delivery estão autorizados, pois são “essenciais para pessoas que estão em casa”, disse o governador.

Com informações do Folha Vitória

Seara News 25 anos

Ajude-nos a continuar a ser um aporte eficaz na comunicação cristã, apoiando o Seara News.
Acesse https://apoia.se/searanews
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui