Muçulmanos atacam Belém vestidos de Papai Noel
Belém (Foto cortesia: Wikipedia para Christian Headlines)

Local do nascimento de Jesus sofreu ataques terroristas na semana natalina

Desde o dia 24 (véspera do Natal) até o domingo (27), uma série de ataques foi feitos por terroristas palestinos em Belém, na Cisjordânia. Como todos os anos, a cidade estava repleta de turistas que celebravam o nascimento de Jesus.

Curiosamente, muitos dos terroristas estavam vestidos de “Papai Noel”, outro símbolo cristão. Usando máscaras de gás, eles confrontaram forças israelenses. Cerca de 50 palestinos jogaram pedras e bombas contra os soldados, que dispersaram o protesto. Ninguém morreu.

Os ataques de palestinos têm sido constantes nos últimos três meses, incluindo uma série de esfaqueamentos, atropelamentos e tiroteios. Até o momento, 20 israelenses e um cidadão americano foram mortos. As forças de defesa de Israel mataram 124 palestinos, sendo que 85 são terroristas.

Belém está em território palestino e vem sendo local de enfrentamentos constantes com o exército israelense nos últimos meses. Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Palestina, foi acusado de incentivar a violência ao pedir que os muçulmanos defendessem Jerusalém “de todas as maneiras”.

Em sua mensagem de Natal, fez um apelo para que o mundo reconhecesse que “Jesus é um símbolo de todos os palestinos”.

Embora não acreditem que Jesus é o Messias, os muçulmanos o tem como um profeta, citado por Maomé no Alcorão.

Fonte: Christian Headlines e Jerusalém Post via Gospel Prime

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui