Surdez súbita pode ser consequência de uma doença viral
Ao suspeitar que está com surdez súbita, a pessoa precisa buscar imediatamente um especialista. (Foto: Divulgação)

Em alguns casos pode ser consequência de uma doença viral como caxumba, sarampo, catapora, gripe e mononucleose infecciosa.

A surdez súbita é uma condição em que uma pessoa perde repentinamente a capacidade de ouvir. Pode ser unilateral, quando acomete apenas um dos ouvidos; ou bilateral, quando acomete os dois ouvidos. Desse modo, a pessoa pode ter ido dormir sem nenhuma alteração no que diz respeito à audição e acordar sem ouvir.

Os problemas relacionados à audição podem acometer pessoas das mais diversas faixas etárias. Em geral, a deficiência auditiva pode ser congênita ou adquirida. Dessa forma, ou já se nasce com alguma complicação ou ela vai surgindo aos poucos e ao longo da vida. Porém, em alguns casos, pode ocorrer a surdez súbita, uma condição que se manifesta de forma repentina.

Causas da surdez súbita

Este distúrbio pode ter diversas causas. Em alguns casos ele pode ser consequência de uma doença viral como caxumba, sarampo, catapora, gripe e mononucleose infecciosa.

Outras causas são genéticas, autoimunes, vasculares, infecciosas ou traumáticas, como atividades físicas muito vigorosas, que lesam o ouvido interno devido à pressão acarretando em perda auditiva súbita. Medicamentos ototóxicos também podem estar relacionados a casos de surdez súbita.

No caso dos ruídos altos, como em casos de traumas acústicos, há pesquisas que indicam que a perda temporária da audição é maneira do corpo se auto-proteger e lidar com ruídos altos.

Leia também: Prefeitura de Vila Velha faz mutirão de vacinação contra a gripe

Sintomas da surdez súbita

Os sintomas são bem variáveis. Alguns pacientes relatam ter escutado um som explosivo no ouvido afetado quando a lesão ocorre pela primeira vez. Nestes casos a surdez súbita foi acompanhada por zumbido persistente e por vertigem que normalmente desaparece em alguns dias.

“De uma maneira geral, a surdez súbita é a percepção clara de uma diminuição da audição, zumbidos e vertigens, além de uma sensação de pressão nos ouvidos, como se o ouvido estivesse entupido ou tampado”, explica a fonoaudióloga Guilhermina Gomes.

Surdez súbita pode ser consequência de uma doença viral
Guilhermina Gomes, fonoaudióloga (Foto: Divulgação)

Tratamento da surdez súbita

Ao suspeitar que está com surdez súbita, a pessoa precisa buscar imediatamente um especialista. O tempo é um aliado para o sucesso do tratamento.

Normalmente, é feito um exame clínico, seguido de audiometria. Confirmado o diagnóstico de surdez súbita, normalmente são prescritos medicamentos corticoides, anti-inflamatórios e/ou vasodilatadores para tratar o problema. Estima-se que um terço dos pacientes tenham alguma melhora.

No caso dos que não tem, pode ser indicado o uso de aparelhos auditivos. É muito importante lembrar que o tratamento mais eficiente para a surdez súbita é a prevenção. “É fundamental cuidar da saúde auditiva ao longo da vida para evitar o aparecimento de problemas na vida adulta”, lembrou Guilhermina.

Fonte: Folha Vitória
DEIXE UM COMENTÁRIO_____________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui