Suicídio: Pastor da Assembleia de Deus no Maranhão é vencido pela Depressão
O pastor (em destaque) foi encontrado morto pela esposa na garagem da residência | Foto: Reprodução

Vencido pela depressão, pastor comete suicídio e deixa esposa e um casal de filhos.

Mais uma lamentável ocorrência de suicídio entre líderes evangélicos foi registrada neste domingo (5).

O pastor José Arimateia Sousa foi encontrado morto pela esposa na garagem da residência. Ele lutava contra depressão, mas foi vencido e deixa esposa e um casal de filhos. O fato se deu em Santa Inês, no estado do Maranhão.

De acordo com as informações do portal JMNotícias, o pastor Arimateia Sousa, atuava como ministro auxiliar no templo central da Assembleia de Deus em Santa Inês, igreja presidida pelo pastor Rayfran Batista, e vinculada à Convenção Estadual das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus no Maranhão – CEADEMA.

Entre os cristãos o número dos casos de depressão e suicídio tem crescido causando, sendo motivo de preocupação dos líderes. Devido aos diversos casos de suicídio envolvendo pastores, as Convenções passaram a incluir em seus eventos tema relativos à saúde mental dos obreiros, e atividades como “pastoreio de pastores”, para prevenir novas ocorrências. Além disso, as igrejas evangélicas têm realizado com mais frequência reuniões sobre combate à depressão e ao suicídio.

O que é depressão?

A depressão é um problema grave e altamente prevalente na população em geral. De acordo com estudo epidemiológico a prevalência de depressão ao longo da vida no Brasil está em torno de 15,5%. Segundo a OMS, a prevalência de depressão na rede de atenção primária de saúde é 10,4%, isoladamente ou associada a um transtorno.

De acordo com a OMS, a depressão situa-se em 4º lugar entre as principais causas de ônus, respondendo por 4,4% dos ônus acarretados por todas as doenças durante a vida. Ocupa 1º lugar quando considerado o tempo vivido com incapacitação ao longo da vida (11,9%).

A época comum do aparecimento é o final da 3ª década da vida, mas pode começar em qualquer idade. Estudos mostram prevalência ao longo da vida em até 20% nas mulheres e 12% para os homens.


DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”
.
Seara News 25 anos

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui