Sobrevivente do Holocausto comemora aniversário no Muro das Lamentações
Shoshana Ovitz comemorou seu aniversário de 104 anos com 400 convidados | Foto: Reprodução

O Muro das Lamentações foi palco da comemoração do aniversário de 104 anos de Shoshana Ovitz, com 400 de seus descendentes.

Shoshana Ovitz, uma sobrevivente do Holocausto comemorou seu aniversário de 104 anos realizando um sonho de vida, ao visitar o Muro das Lamentações, com sua enorme família.

Ovitz, que sobreviveu ao campo de concentração de Auschwitz há 74 anos, foi fotografada no local sagrado judaico cercada por 400 de seus descendentes, incluindo filhos, netos e bisnetos.

Segundo seu neto, depois de chegar ao campo de extermínio aos 30 anos de idade, Ovitz lembra-se do momento horripilante de sua mãe ter sido mandada embora com Josef Mengele, o doente médico nazista que realizou terríveis experimentos médicos com prisioneiros judeus. Essa foi a última vez que Shoshana Ovitz viu sua mãe.

Incrivelmente, Shoshana Ovitz permaneceu fiel aos seus princípios, com resignação diante de situações trágicas e de grande sofrimento. Ela conseguiu sobreviver ao acampamento, local que facilitou o assassinato de mais de um milhão de judeus.

“Depois da guerra, ela conheceu vovô Dov, que perdeu sua esposa e quatro filhas nos campos. Eles se casaram e foram para Haifa”, explicou seu neto, Meir Rosenstein, de acordo com o Israel National News. “Ela trabalhou como costureira e ajudou-o a administrar o galinheiro. Agora vovó celebrou seu aniversário de 104 anos e pediu um presente: que todos os seus descendentes se juntassem ao Muro das Lamentações”.

Sobrevivente do Holocausto comemora aniversário no Muro das Lamentações
O Muro das Lamentações foi palco da comemoração do aniversário de 104 anos de Shoshana Ovitz, com 400 de seus descendentes | Foto: Reprodução/Twitter

Uma das netas, Panini Friedman admitiu que “não seria uma coisa simples”, organizar um evento tão grande. “Provavelmente há 400 netos e descendentes”, acrescentou ela à Wall Street, de Walla, notando que isso ainda não cobria a todos da familiar. “Estamos perdendo cerca de 10% deles”, acrescentou.

A reunião, disse Friedman, foi uma demonstração maravilhosa da vitória sobre os nazistas. “Todo mundo estava lá com lágrimas nos olhos”, disse ela. “Foi muito emocionante”.

Traduzido de CBN News
DEIXE UM COMENTÁRIO_____________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui