Receita para aumentar a fé

0

Receita para aumentar a fé

por Ciro Sanches Zibordi

Sem fé é impossível agradar a Deus (Hb 11.6). É por meio dela que vencemos o mundo (1 Jo 5.4) e as lutas de cada dia (2 Co 5.7). Ela é o nosso combustível espiritual (Hc 2.4; Hb 10.38), a chave que abre os tesouros celestiais e a mão que recebe todas as bênçãos de Deus (Mt 15.28), como a remissão dos pecados (At 26.18), a justificação (Rm 5.1), a cura (At 3.16) e várias outras dádivas.

Mas a fé é dinâmica, e não estática, visto que nas Escrituras se mencionam níveis de fé: “sem fé” (Hb 11.6), “pouca fé” (Mt 6.30; 8.26; 14.31), “grande fé” (Mt 15.28), “cheio de fé” (At 6.8), etc. Ou seja, ela pode crescer, diminuir ou até acabar. E, considerando que a nossa vitória está condicionada à nossa fé em Jesus Cristo (Mt 17.20), temos de saber como cultivá-la e fazer com que ela cresça mais e mais (2 Ts 1.3). Pensando nisso, elaborei uma singela receita, com apenas três ingredientes, a qual pode ser usada todos os dias.

INGREDIENTES: louvor, oração, Palavra de Deus.

MODO DE PREPARO: ponha sobre a mesa (Sl 23.5) um vaso de barro (2 Co 4.7) e encha-o de louvor; recomenda-se, pelo menos, sete porções generosas (Sl 119.164). Lembre-se de que Abraão foi fortificado na fé dando glória a Deus (Rm 4.20). Em seguida, acrescente oração à vontade (1 Ts 5.17). Não é recomendável que se use qualquer tipo de oração para aumento da fé; a súplica sincera é a mais eficaz. Eis alguns exemplos: “Acrescenta-nos a fé” (Lc 17.5); “Eu creio, Senhor! Ajuda a minha incredulidade” (Mc 9.24). Finalmente, introduza no vaso a Palavra de Deus (Rm 10.17), leve tudo ao fogo (Hb 12.29) e saboreie esse maravilhoso prato!

Artigo anteriorA importância de conhecer Deus
Próximo artigoTestemunho de Angelina Jolie sobre a escalada do sofrimento dos refugiados
Ciro Sanches Zibordi
Casado com Luciana e pai de Júlia. Pastor na Assembleia de Deus da Ilha da Conceição, em Niterói-RJ; pregador do Evangelho, professor de Hermenêutica, Exegese e Teologia Sistemática, autor e articulista. Formação: Teologia (Faculdade Evangélica de São Paulo-SP); Português-Francês (Universidade Federal Fluminense-RJ); Relações Internacionais (Universidade La Salle-RJ). Membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil e da Casa de Letras Emílio Conde; colunista do CPAD News; articulista do Mensageiro da Paz (CPAD); autor dos livros: Erros que os Pregadores Devem Evitar (bestseller; série de 3 volumes); Procuram-se Pregadores como Paulo; Evangelhos que Paulo Jamais Pregaria; Erros que os Adoradores Devem Evitar, etc.; coautor de Teologia Sistemática Pentecostal, todos da CPAD. Pastoreou congregações na AD do Ministério do Belém-SP e foi copastor da AD Cordovil-RJ; atuou na CPAD (RJ) como gerente de TI e editor (2001-2008).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome