Recebendo algo novo

0
38

“E Jesus lhes perguntou: Quantos pães tendes? Responderam eles: Sete (…) Comeram e se fartaram; e dos pedaços restantes colheram sete cestos” (Mc 8.5,8).

Recebendo algo novoNa passagem da segunda multiplicação dos pães narrada por Marcos, a multidão estava acompanhando Jesus há três dias, em jejum, somente para ouvi-lo (Mc 8.2). O que parecia pouco sobejou em muito. Todos aqueles que estavam ali em sacrifício para ouvir a Jesus também receberam a bênção material e tiveram a fome saciada.

As pessoas sempre querem algo de Deus, todavia, para receberem é necessário sacrifício e dedicação voluntária e de coração a Ele. Assim como esperamos receber o novo de Deus, também devemos oferecer a Ele o nosso melhor, não o que sobra ou a pior parte, mas o nosso melhor, as nossas primícias.

Todas as vezes que você tiver que oferecer algo ao Senhor, sempre traga o melhor. Procure sempre trazer algo para ofertar ao Senhor nos cultos. Mesmo que você tenha apenas uma moeda, oferte-a de todo coração. Certamente, Deus a receberá.

Separe, a cada mês, dentro da sua realidade financeira, um valor para levar aos cultos, em gratidão ao muito que Deus tem realizado em sua vida. Lembre-se: o que você oferta e dizima não é para homens, e sim para o Senhor, o seu Salvador, Aquele que tem cuidado da sua vida e da sua família.

Deseja realmente receber algo novo do Senhor? Então, continue oferecendo o seu melhor tanto na sua vida espiritual quanto na sua vida financeira. Quanto mais você semear maior será a sua colheita. Creia que no tempo certo você colherá!

Desafio de fé: O melhor tempo para semear é quando tudo falta. Semeie com lágrimas, obedecendo a Palavra de Deus, que você retornará com alegria trazendo sua colheita abundante.

Fonte: Lagoinha

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome