Rafael Ferreira é confirmado pelo PSC como candidato a vereador em Vitória
Rafael Ferreira é confirmado pelo PSC como candidato a vereador em Vitória (ES) | Foto: Demétrio Guimarães

A importância de manter os valores cristãos e a família tradicional, são algumas das bandeiras defendidas por Rafael Ferreira.

O Partido Social Cristão – PSC, em evento na Câmara Municipal de Vitória, confirmou na noite desta quinta-feira (10), o nome de Rafael Ferreira para concorrer a uma cadeira no legislativo municipal, na capital do Estado.

O nome de Rafael Ferreira já vem sendo visto há alguns anos, e foi indicado em janeiro de 2019 pela COMAP – Comissão para Assuntos Políticos da Convenção das Assembleias de Deus no Estado do Espírito Santo e Outros (CADEESO) como pré-candidato a vereador de Vitória.

A Comap iniciou um grande projeto político para 2020, com o objetivo de eleger representantes da denominação que tem um potencial de mais de 500 mil votos em todo o Estado.

Na capital, a denominação conta com grande número de fiéis, contudo, por muitos anos está sem um representante na Câmara Municipal de Vitória, e Rafael Ferreira surge como uma possibilidade de preencher essa lacuna.

Nascido e criado dentro da denominação, Rafael Ferreira que é casado com Makeline Leila, “não caiu de paraquedas na política”. Se destacou em suas atribuições junto à liderança da União de Mocidade das Assembleias de Deus no Espírito Santo – UMADES, e atualmente compõe a vice-presidência do ministério da Assembleia de Deus (Adenop) que tem o pastor Dionísio Alves da Silva como presidente.

O pré-candidato, Rafael Ferreira teve sua família ofendida, por defender a família tradicional. O ataque aconteceu nas redes sociais, e Rafael Ferreira protocolou queixa-crime no Fórum de Vila Velha.

Em seu discurso, defendeu a importância de manter os valores cristãos e a família tradicional; que a denominação precisa ter um representante conservador no legislativo municipal; e, reafirmou sua posição contra toda ideologia de esquerda: a ideologia de gênero nas escolas e a linguem neutra. Também é contra à legalização da maconha, ao aborto e à homossexualidade.

Finalizou seu discurso citando um provérbio oriental: “Homens fortes criam tempos fáceis e tempos fáceis geram homens fracos, mas homens fracos criam tempos difíceis e tempos difíceis geram homens fortes”.


DEIXE UM COMENTÁRIO 
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui