Prefeitura do Rio de Janeiro autoriza reabertura de templos religiosos
Marcelo Crivella, Prefeito do Rio de Janeiro | Foto: Wikimedia Commons

Edição extra do Diário Oficial publicará decreto assinado por Marcelo Crivella, que fez o anuncio sobre o funcionamento nesta segunda-feira (25).

O prefeito Marcelo Crivella anunciou, nesta segunda-feira (25), que publicará um decreto em edição extra no Diário Oficial incluindo igrejas e outros templos religiosos entre as atividades que não têm qualquer restrição para funcionamento na cidade.

Os templos religiosos terão que seguir normas para reabrir. Para realizar missas e cultos, os líderes deverão adotar medidas importantes.

Será preciso disponibilizar álcool em gel, garantir a distância mínima de dois metros entre frequentadores e o uso de máscara obrigatório para o acesso e permanência nos templos.

A mesma regra vale para atividades externas aos cultos. O decreto não proíbe a presença de idosos nem pessoas com comorbidades, mas diz que, presencialmente, pessoas com 60 anos ou mais, que tenham diabetes, câncer e outras doenças devem dar preferência a cultos on-line.

Em sua decisão, Crivella citou o decreto que o presidente Jair Bolsonaro editou em março, incluindo as instituições religiosas entre as atividades essenciais. O prefeito também justificou a medida afirmando que “as instituições religiosas têm sofrido interferências e embaraços indevidos em seu funcionamento, praticados por ações equivocadas dos agentes públicos” e que “cabe à prefeitura a autorização para a expedição de alvarás de templos religiosos”.

Entretanto, a decisão do prefeito Crivella de liberar atividades em templos religiosos vai contra o que o comitê científico recomendou no último sábado (23). O comitê é formado por médicos, epidemiologistas, economistas e matemáticos, além de Crivella e integrantes da prefeitura.

Crivella também prorrogou por mais uma semana os bloqueios em centro de bairros, que terminava nesta segunda. A prefeitura ainda não estabeleceu quando outros setores podem ser reabertos.

O decreto com fechamento de diversas atividades vence no próximo domingo, e a prorrogação ainda vai ser decidida pelo comitê científico. O prefeito adiantou, no entanto, que os primeiros serviços liberados deverão ser lojas de automóveis, de venda de imóveis e academias.

Com informações de Guiame e Estação Rio

DEIXE UM COMENTÁRIO 
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui