Povo brasileiro exige mudança

0
54

brasileiro exige mudança

Em toda parte o povo brasileiro se manifesta protestando contra a corrupção e outros pecados históricos do governo e exige mudança. Pessoas indignadas apresentam a verdadeira face do Brasil.

Por Ciro Sanches Zibordi

No Brasil, há muita corrupção. Muita, mesmo. A violência está banalizada, fora de controle. Veja o número de homicídios que acontecem todos os anos; nossos índices estão entre os maiores do mundo. E, mesmo assim, a impunidade impera. A educação, a saúde e os transportes brasileiros são hiperprecários.

A despeito de tudo isso, o governo, em vez de atacar as causas dos problemas, tapa o sol com a peneira, com programas do tipo bolsa família. E usa o crescimento econômico — que, de fato, tem ocorrido — para maquiar os aludidos problemas, passando um “photoshop” na verdadeira fotografia do Brasil.

Em toda a parte há pessoas indignadas apresentando a verdadeira face do Brasil. Eles protestam contra a corrupção e outros pecados históricos do governo brasileiro. Até mesmo nas ruas de Nova York, Boston, Chicago e São Francisco, nos Estados Unidos, centenas de manifestantes marcham pacificamente dizendo palavras de ordem e exibindo cartazes.

É lamentável que, nas cidades brasileiras, em meio a protestos pacíficos haja uma minoria de vândalos que se aproveita para destruir o que vê pela frente. Mas, no geral, considero importante e necessário o protesto dos brasileiros. Afinal, depois dos bilhões de reais gastos com estádios superfaturados, o povo tem o direito de estar indignado contra o menoscabo do Estado para com temas relevantes, como segurança, liberdade, justiça, ordem e bem-estar, não é mesmo?

Aos cristãos deixo alguns conselhos contidos nas Escrituras: “exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito. Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade” (1 Timóteo 2.1-4).

COMPARTILHAR
Artigo anteriorLíderes evangélicos apóiam manifestações pacíficas e convocam fiéis à oração
Próximo artigoVitória: 100 mil nas ruas, a cidade parou!
Ciro Sanches Zibordi
Casado com Luciana e pai de Júlia. Pastor na Assembleia de Deus da Ilha da Conceição, em Niterói-RJ; pregador do Evangelho, professor de Hermenêutica, Exegese e Teologia Sistemática, autor e articulista. Formação: Teologia (Faculdade Evangélica de São Paulo-SP); Português-Francês (Universidade Federal Fluminense-RJ); Relações Internacionais (Universidade La Salle-RJ). Membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil e da Casa de Letras Emílio Conde; colunista do CPAD News; articulista do Mensageiro da Paz (CPAD); autor dos livros: Erros que os Pregadores Devem Evitar (bestseller; série de 3 volumes); Procuram-se Pregadores como Paulo; Evangelhos que Paulo Jamais Pregaria; Erros que os Adoradores Devem Evitar, etc.; coautor de Teologia Sistemática Pentecostal, todos da CPAD. Pastoreou congregações na AD do Ministério do Belém-SP e foi copastor da AD Cordovil-RJ; atuou na CPAD (RJ) como gerente de TI e editor (2001-2008).

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome