Polêmica envolvendo Crivella e livro que apresenta beijo gay na Bienal
O livro não é destinado ao público infantil, no entanto, de modo geral, as histórias da Marvel atraem este público. (Foto: Reprodução/Rede Social)

Marcelo Crivella declara que livro traz conteúdo impróprio para menores. O romance gráfico ‘Vingadores, a cruzada das crianças’ mostra beijo entre dois personagens masculinos.

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, determinou ontem (05) o recolhimento de uma HQ dos Vingadores da Bienal do Livro por seu “conteúdo impróprio para menores”.

Trata-se da história em quadrinhos “Vingadores, a Cruzada das Crianças”, da Marvel Comics. Na obra, que foi lançada em 2010, os personagens Wiccano e Hulkling são namorados. A trama não é destinada ao público infantil, no entanto, de modo geral, as histórias da Marvel atraem este público.

No Twitter, Crivella anunciou que a obra já havia sido “denunciada na Internet e que traz conteúdo sexual para menores”. Ainda de acordo com Crivella, “livros assim precisam estar embalados com plástico preto e lacrados”.

“Pessoal, precisamos proteger as nossas crianças. Por isso, determinamos que os organizadores da Bienal recolhessem livros com conteúdo impróprios para menores”, escreveu Crivella em seu Twitter.

“Não é correto que elas tenham acesso precoce a assuntos que não estão de acordo com suas idades”, concluiu.

Antes de Crivella, o livro já havia sido criticado nas redes sociais pelo vereador do Rio de Janeiro Alexandre Isquierdo. Ele classificou sua venda como “um crime absurdo” e disse que a HQ é “divulgação homossexual para as crianças”.

Polêmica envolvendo Crivella e livro que apresenta beijo gay na Bienal
Segundo Crivella, “livros assim precisam estar em um plástico preto, lacrado, avisando o conteúdo”. (Foto: Reprodução/Rede Social)

Fiscalização na Bienal do Livro contra conteúdo considerado ‘impróprio’

Fiscais da Secretaria de Ordem Pública da Prefeitura do Rio iniciaram, esta tarde (6) uma inspeção na Bienal do Livro. O objetivo, segundo o órgão, é identificar e lacrar livros considerados “impróprios”.

“Se ele [o livro] não estiver seguindo as recomendações de estar lacrado e com a orientação quanto ao conteúdo, nós vamos apreender esse material”, informou o coronel Wolney Dias, subsecretário de operações da prefeitura do Rio.

Ainda de acordo com ele, a prefeitura tem poder de polícia para realizar fiscalização e apreensão de material considerado inadequado.

Em nota, a Prefeitura informou que estava cumprindo o Estatuto da Infância e do Adolescente. Ainda destacou a possibilidade de cassar a licença da Bienal caso as normas sejam descumpridas.

A Bienal informou que os livros não ficam abertos para que o público possa “folhear”. E, que eles já estavam lacrados, como todos os livros de edição especial que vêm embalados em plástico transparente.

A nota da prefeitura

A Prefeitura do Rio citou o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para justificar “a adequação das obras expostas”.

“A legislação determina que publicações com cenas impróprias a crianças e adolescentes sejam comercializadas com lacre (embaladas em plástico ou material semelhante), com a devida advertência de classificação indicativa de seu conteúdo”, diz a nota.

“No caso em questão, a Prefeitura entendeu inadequado, de acordo com o ECA, que uma obra de super-heróis apresente e ilustre o tema do homossexualismo a adolescentes e crianças, inclusive menores de 10 anos, sem que se avise antes qual seja o seu conteúdo”, emendou.

A prefeitura afirma que a editora, a Salvat, sabia da obrigação legal. “Tanto que a obra estava lacrada. Não havia, porém, uma advertência neste sentido, para que as pessoas fizessem sua livre opção de consumir obra artística de super-heróis retratados de forma diversa da esperada”, alegou.

A nota relata reclamação de frequentadores da feira, “que têm direito à livre opinião e opção quanto ao conteúdo de leitura de filhos e adolescentes, pessoas em formação”.

O texto rechaça ter havido “qualquer ato de trans ou homofobia ou qualquer tipo de censura à abordagem feita livremente pelo autor”.

“Em caso de descumprimento, o material sem o aviso será apreendido e o evento poderá ter sua licença de funcionamento cassada”, afirma a nota.

‘Vingadores, a cruzada das crianças’

Polêmica envolvendo Crivella e livro que apresenta beijo gay na Bienal
Capa do livro “Vingadores, a cruzada das crianças”. (Foto: Reprodução/Rede Social)
Polêmica envolvendo Crivella e livro que apresenta beijo gay na Bienal
Informações da obra, que está no centro da polêmica com o prefeito do Rio, Marcelo Crivella. (Foto: Fernanda Rouvenat/ G1)
Polêmica envolvendo Crivella e livro que apresenta beijo gay na Bienal
Descrição dos personagens de “Vingadores, a cruzada das crianças”. (Foto: Fernanda Rouvenat/ G1)

Com informações do Guiame e do G1
DEIXE UM COMENTÁRIO_____________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

1 COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui