Paul Nelson abre ciclo de palestras do 1º Congresso Brasileiro de Design Inteligente

0
26
Paul Nelson abre ciclo de palestras do 1º Congresso Brasileiro de Design Inteligente
Paul Nelson, filósofo da biologia e teoria da evolução.

Um dos principais nomes mundiais da teoria do Design Inteligente confirma presença juntamente com grandes expoentes da comunidade científica nacional.

Por Jussara Teixeira

A programação do ciclo de palestras do 1° Congresso Brasileiro de Design Inteligente acaba de ser reforçada com a participação especial do filósofo da biologia e teoria da evolução, Paul Nelson, mundialmente conhecido pela defesa da Teoria do Design Inteligente (TDI) e por seus artigos científicos em revistas especializadas e livros sobre o conceito. O tema da exposição de Nelson, que é membro da International Society for Complexity, Information and Design (Sociedade Internacional para a Complexidade, Informação e Design) e do Centro de Ciências e Cultura do Discovery Institute dará o tom esclarecedor necessário sobre  a proposta: “Entendendo o Design Inteligente: Os Mitos e a Realidade”.

Programado para ocorrer nos dias 14, 15 e 16 de novembro no hotel The Royal Palm Plaza, em Campinas (São Paulo), o evento está sendo considerado uma ocasião histórica pela comunidade científica por apresentar, pela primeira vez no Brasil, uma teoria reconhecida como sendo inovadora e ousada, por quebrar paradigmas no meio científico e na chamada Ciência das Origens.

Na ocasião da abertura, já estão confirmadas diversas autoridades como o prefeito de Campinas, Jonas Donizette, o chanceler da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Davi Charles Gomes, e o reitor do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), Euler Pereira Bahia.

Na sequência da plenária inicial, o historiador da ciência Enézio de Almeida Filho abordará o tema “A ideia de Design Inteligente na Natureza: dos Filósofos Gregos Antigos aos Teóricos Atuais”, e será seguido de um jantar de gala.

Outros temas de importantes palestras que se seguirão serão “A TDI e a química: As Bases Termodinâmicas da Impossibilidade da Existência de Sistemas Vivos Ordenados Sem Design Inteligente”, com o Doutor em físico-química Kelson Mota T. Oliveira; “Evidências de DI na Biologia: Mimetismo e Camuflagem”, com o biólogo com especialização em paleontologia, zoologia e neurobiologia Ricardo Marques; “O Terceiro Elemento da Vida: Prova Irrefutável por Leis Naturais de Design Inteligente”, pelo Prof. Marcos Eberlin; “Preconceitos e Fraudes no Ensino da Evolução e Design Inteligente na Sala de Aula: a Visão de Um Educador”, com o Prof. Mario Magalhães; “Percepção do Design Inteligente na Bioquímica: Os Mecanismos Genéticos que Promovem nossa Individualidade como Ser”, com o biólogo Marcelo Vargas; “Evidências de Design Inteligente na Química da Vida: Processos Bioquímicos ao Nível Molecular, proferida pelo químico Rodinei Augusti. A programação completa, dias e horários podem ser conferidos no site http://www.designinteligentebrasil.com.br/ds_congress/agendas

Entre as atividades que farão parte da programação estão jantares, reuniões de confraternização e no sábado, dia 15, haverá a realização de uma assembléia para a criação da Sociedade Brasileira do Design Inteligente. No dia 16, será divulgado o Primeiro Manifesto Público TDI-Brasil, que abordará, entre outros tópicos, a questão do debate científico entre evolução e a TDI e as diretrizes apoiadas pela TDI Brasil quanto a como deve ser o ensino da evolução e do Design Inteligente nas escolas e universidades confessionais e públicas brasileiras.

Comitê

O grande número de novos membros do Comitê Científico da Sociedade Brasileira do Design Inteligente evidencia a grande aceitação da teoria no Brasil. Já são mais de 150 membros, número que continua crescente, reunindo profissionais e acadêmicos de diversas áreas do conhecimento científico e de diversas instituições de pesquisa e universidades espalhadas por todo o país.

Com membros de destaque na ciência brasileira e também com um contingente muito grande de jovens, o comitê tem como pressuposto o compromisso único de defender a Ciência e promover o livre debate acadêmico-científico sobre as origens, contemplando para isso as duas possíveis causas: a ação de processos naturais – como propõe a teoria da evolução darwiniana – como também a ação de uma mente inteligente – como propõe a teoria do design inteligente. “O comitê se propõe assim a fazer uma ciência livre de qualquer pré-concepção de como o Universo e a Vida são, ou como deveriam ter sido formados. Somos hoje 150, seremos milhares em poucos anos”, antecipa o Prof. Marcos Eberlin.

Sobre a Teoria do Design Inteligente

A TDI é um programa de pesquisa científica defendido e executado por uma comunidade de cientistas, filósofos e estudiosos que procuram fazer ciência livre confrontando dados as duas causas possíveis para o Universo e a Vida: forças naturais ou a ação de uma mente inteligente. A teoria sustenta que muitas das características do Universo e dos seres vivos são contrárias à ação de processos naturais e melhor explicadas por uma causa inteligente.

Em seus quadros a TDI reúne prestigiados cientistas de muitas áreas, como a química, bioquímica, biologia, física, estudiosos de filosofia, ética, teologia, ciências sociais, e arqueologia.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorOre, e depois planeje
Próximo artigoNão há gaveta em caixão
SEARA NEWS é o primeiro portal do gênero no Estado do Espírito Santo. Oferece conteúdo informativo, orientador e formador de consciência cristã, servindo como um aporte eficaz na comunicação, mostrando os matizes do contexto cristão ao redor do mundo.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome