A brincadeira surgiu na última semana de maio de 2015 no Twitter e logo se espalhou pelo mundo

Pastores condenam brincadeira Charlie Charlie Challenge“Charlie Charlie é um jogada de marketing, uma ação viral para divulgar o filme de terror ‘A Forca’.

Por Paulo Pontes

A nova brincadeira que tem se espalhado pelas redes sociais nos últimos dias, desperta a atenção de professores, pais, e pastores evangélicos e se tornou tema de debate também entre os usuários da internet.

Trata-se da nova e assustadora brincadeira denominada “Charlie Charlie Challenge” que surgiu na última semana de maio de 2015 no Twitter e logo se espalhou pelo mundo. O desafio é uma releitura das antigas brincadeiras do copo e do compasso.

Na internet, milhões de usuários começaram a publicar vídeos com a hashtag #CharlieCharlieChallenge mostrando que parece ser fácil invocar o que seria um demônio mexicano apelidado de Charlie.

A brincadeira consiste em invocar o demônio escrevendo em uma folha de papel as palavras “sim” e “não” e sobre ela colocar dois lápis em forma de cruz, dizendo em voz alta a frase de ordem, para que, depois de invocado, “Charlie” responda às perguntas dos participantes da mesa.

Já existem relatos de credibilidade envolvendo adolescentes que passaram mal na escola após essa brincadeira.

A brincadeira é reprovada por pastores evangélicos, e outras autoridades religiosas se manifestaram nas redes sociais contra o ato.

Pastores condenam brincadeira Charlie Charlie Challenge
Pr. Marco Aurélio, da igreja Batista Vida e Paz, em Vila Velha-ES.

O pastor da igreja Batista Vida e Paz, em Vila Velha-ES, Marco Aurélio, que é bacharel em direito e pós-graduado em ciências da religião, disse que a brincadeira não deve ser praticada por ninguém. “Não aconselho mesmo. O diabo parou de se esconder e está ativo em nossos dias. Não podemos permitir que brincadeiras aparentemente inofensivas sejam portas para algo ruim. É preciso vigiar e ficar atento”, afirmou, acrescentando que a brincadeira é mística, e que a Bíblia condena os jogos de adivinhação. “A palavra de Deus é bem clara. Lá em Deuteronômio, o Senhor diz que quem pratica adivinhação, ou se dedica à magia, ou faz presságios, ou pratica feitiçaria e encantamentos, desagrada ao Senhor. Pessoas que consultam espíritos ou mortos, também desagradam. O Senhor tem repugnância por quem pratica essas coisas”, explicou.

Pastores condenam brincadeira Charlie Charlie Challenge
Pr. Carlos Roberto da Silva, da Assembleia de Deus em Cubatão-SP, membro do Conselho de Doutrina da CGADB.

O pastor Carlos Roberto da Silva, da Assembleia de Deus em Cubatão-SP, membro do Conselho de Doutrina da CGADB, e editor do blog Point Rhema, sugere aos pais que orientem seus filhos e não permitam que participarem dessa “brincadeira”, seja em casa, pela internet ou com seus colegas na escola.

Em seu blog, o pastor Carlos Roberto comenta: “Charlie Charlie é um jogada de marketing, uma ação viral para divulgar o filme de terror ‘A Forca’. O marketing certeiro e poderoso e que deu muito certo, é uma criação da equipe do filme, que tem a mesma produtora responsável pelos sucessos de “Sobrenatural” e ‘Atividade Paranormal’. O tal Charlie do jogo é inspirado no Charlie do filme. Ele era um garoto que morreu enquanto encenava uma peça de teatro no colégio. Mas aí, um tempo depois, quatro amigos resolvem montar a tal peça macabra e notam que a alma de Charlie ainda está presente no meio deles. Obviamente, o nome dele não pode ser citado pelos personagens, que sofrerão consequências se fizeram tal coisa. O filme ‘A Forca’ tem estreia prevista para o dia 30 de julho”.

O pastor destaca que esta é uma evidência clara de iniciação ao espiritismo, e pede que os pais ensinem aos filhos que, o contato com os mortos, é uma prática taxativamente proibida por Deus, conforme Levítico 19.31; Isaías 8.19; Eclesiastes 12.7; e, Hebreus 9.27. “Enquanto o leitor puder e depender de você, não permita que seus filhos pratiquem essa “brincadeira” demoníaca”, disse, informando que muitos testemunhos já foram publicados nas redes sociais, alertando sobre os efeitos maléficos na vida de quem participa desse tipo de jogo.

Assista ao vídeo “A FORCA” – Trailer legendado do filme do desafio “Charlie Charlie”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui