Pastor Yousef Nadarkhani foi novamente preso no Irã

1
36

Pastor Yousef Nadarkhani foi novamente preso no Irã

Por Paulo Pontes

A Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE) noticiou em seu site, que recebeu uma correspondênca da CSW – Christian Solidarity Worldwide – instituição com a qual mantém parceria na RLP (Religous Liberty Partnership) informando que no dia de natal, 25/12, o pastor iraniano Yousef Nadarkahi foi novamente preso.

Em 2009 o pastor foi preso depois de questionar o monopólio muçulmano de instrução religiosa para as crianças, o que para ele era inconstitucional. E foi condenado à morte por apostasia em 2010, uma decisão que foi confirmada pelo Supremo Tribunal Federal em 2011. Considerado culpado de evangelizar muçulmanos, Nadarkani foi condenado a três anos de prisão para a última acusação, mas liberado em setembro porque já havia cumprido este tempo.

A correspondência da CSW informa que o pastor Nadarkhani foi preso novamente no dia de natal, 25/12, por ordem do diretor da prisão de Lakan onde cumpriu a pena, sob o argumento de que o pastor foi libertado antes do prazo correto, em função da pressão exercida por seu advogado, Mohammed Ali Dadkhah. O diretor da prisão acrescenta que a prisão é apenas para cumprir o restante da pena e resolver questões burocráticas.

Leia a correspondência da CSW traduzida:

“A CSW foi informada que Yousef Nadarkhani, pastor da Igreja Iraniana recentemente absolvido de apostasia, retornou à cadeia através de uma acusação formal.

Em setembro, a corte absolveu o Pr. Nadarkhani de apostasia, mas o sentenciou a três anos por evangelização de muçulmanos. Uma vez que ele já passou tempo próximo a três anos na Prisão de Lakan, in Rasht, o pastor foi liberado após pagar fiança.

Entretanto, fontes da CSW denunciam agora que o Pr. Nadarkhani voltou à prisão por ordem do diretor da Prisão de Lakan, que alega que o pastor foi solto muitos dias antes do término da pena devido à insistência do seu advogado, Mohammed Ali Dadkhah. O pastor retornou agora à cadeia para cumprir o restante do tempo da sentença e completar o trabalho que alegadamente não foi completado desde sua liberação em setembro.

Em novembro, Pr. Nadarkhani foi convidado especial da Conferência Nacional da CSW, em Londres, onde ele agradeceu a todos que oraram e intercederam por ele durante seu encarceramento inicial.

Mervyn Thomas, Chefe Executivo da CSW, disse: “Nós estamos desapontados em ouvir que o Pr. Nadarkhani retornou à prisão de uma maneira tão irregular. A época é insensível e especialmente triste para sua esposa e filhos, que estariam com o desejo de celebrar o Natal com ele pela primeira vez em três anos. Nós esperamos que o Pr. Nadarkhani seja liberado sem atraso, uma vez que esta sentença alegada já foi totalmente cumprida. Nós também estamos pedindo oração pela segurança do pastor e por sua família, neste momento difícil”.”

por Paulo Pontes, com informações de ANAJURE

1 COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome