Pastor Walter Avelino é candidato à presidência da Cadeeso
Pr. Walter Avelino, no programa “Conversa de Pastor” na Rádio Web Seara News | Foto: Paulo Pontes

O pastor Walter Avelino esteve presente no estúdio da Rádio Web Seara News onde participou do programa “Conversa de Pastor”, falando um pouco de sua vida, família, seu ministério e sucessão presidencial da Convenção das Assembleia de Deus no Estado do Espírito Santo e Outros – Cadeeso.

O programa foi acompanhado por pastores e líderes das Assembleias de Deus ligadas a Cadeeso, em diversos municípios do Espírito Santo e de outros Estados como Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Paraíba. Confira!

Pastor, fale um pouco de sua história de vida, família e ministério.

Venho de uma família humilde. Meu pai com 13 filhos, trabalhava na Central do Brasil, recebia um salário muito pequeno para sustentar a todos. Então, nós, os filhos homens, que éramos em 9, conforme íamos crescendo, saíamos à luta para ajudar a família. Eu trabalhei como baleiro na Central do Brasil, no Rio de Janeiro.

- Publicidade -

Com meus 15 e 16 anos eu passei em frente a uma casa que estava tendo um culto ao ar livre, era comemoração de bodas de ouro, e o diácono João Balbino pregava na ocasião; era 1969 e eu aceitei a Jesus como meu salvador. Daquele dia em diante, Deus trabalhou na minha vida; Ele falou por meio de uma mensagem profética que tinha uma obra muito grande comigo quando eu tocava trompete na igreja. Eu tinha 17 anos, e, se passaram muitos anos, eu servi ao Exército Brasileiro, me casei, sentei praça aqui na Polícia Militar do Espírito Santo. Fui líder de jovem no Rio de Janeiro, sob o pastoreio do saudoso pastor Paulo Leivas Macalão. Cheguei aqui no estado como evangelista, conheci várias igrejas, levantamos vários trabalhos aqui, porque minha chamada era de evangelizar, trabalhava muito evangelizando, até que recebi a consagração ao pastorado, e conto com 43 anos de ministério pastoral.

A minha família, é uma família aprendeu a sofre junto comigo, uma hora em baixa, outra hora em alta, mas, até aqui o Senhor tem nos ajudado e dado a sua proteção. Tenho filhos casados, netos; filhos e netos que já estão formados, e isso graças a Deus que nunca nos desamparou.

Pastoreio a Assembleia de Deus ministério de Jacaraípe, no município de Serra (ES), e Deus tem aprovado, fazendo prosperar o nosso trabalho.

O senhor assumiu a presidência da Assembleia de Deus de Jacaraípe há mais de 20 anos. Qual a sua avaliação do antes e depois desse tempo, tanto da estrutura física quanto da espiritual?

Venho de um ministério muito rígido. Entendo que Deus me colocou ali para pregar a sua palavra e colocar em ordem o que necessitava. Até aqui Deus tem me ajudado. É bem verdade que para alguns irmãos a minha chegada foi impactante, causando perplexidade, mas a palavra de Deus foi transformando. Sem a palavra de Deus não há transformação e através da palavra de Deus a Igreja em Jacaraípe está vivendo momentos felizes e abençoados. Quando assumi eram a sede mais três congregações, hoje são 23 congregações em imóveis próprios e a maioria com dois pavimentos, mais de 170 obreiros, sendo 49 ministros, pois, Deus multiplicou o rebanho.

Falando de estrutura física, compramos o terreno ao lado, demolimos o templo antigo e estamos trabalhando na construção de um novo templo com quatro andares e elevador, ocupando uma área de 665 metros quadrados, muito em breve estaremos inaugurando o novo templo sede de nossa igreja.

Há quanto tempo o senhor está filiado na Cadeeso, e quando começou a fazer parte da diretoria da Convenção?

Há 30 anos faço parte da Cadeeso! Meu ingresso se deu ainda na gestão do pastor Roque Ferreira Filho, por convite do pastor Arnaldo Candeias. Na diretoria estou há 28 anos, desde a gestão do pastor Jonas Francisco de Paula. A Cadeeso nos cativou. Hoje está diferente, muita coisa mudou para melhor.

O senhor será candidato à presidência da Cadeeso para o próximo quadriênio?

Sim. Vou concorrer à presidência da Cadeeso no próximo pleito que acontecerá durante a AGO em janeiro de 2022, por indicação da maioria dos membros da mesa diretora, cerca de 80% dos diretores lançaram o meu nome. Então, orei a Deus e aceitei o desafio entendendo que é a vontade dele; por essa razão estou nessa batalha, visitando os companheiros, atendendo convites, fazendo agendamentos e Deus tem nos abençoado nessa caminhada.

Pode falar de seus projetos como presidente?

Entre os planos está o desejo de fazer uma Convenção melhor, mais próxima dos ministros, elaborar e realizar projetos que proporcionem benefícios aos convencionais. Acreditamos que com a ajuda de todos, Deus nos dará vitória, porque juntos somos mais fortes.

Um jornal de grande circulação do estado publicou nota dizendo que houve um racha na Convenção por causa da sua possível candidatura. O que o senhor diz?

Não há nenhum racha. Quem está produzindo e publicando essa pauta está divulgando o que não é verdade. Eleição é um processo natural amparado pelo Estatuto Social da nossa Convenção. Quando estamos sendo orientados e guiados por Deus não existe racha; existe, sim, um propósito e direção de Deus. Estamos muito bem na nossa Convenção. As chapas estão sendo formadas para concorrer à eleição, mas somos todos membros do corpo de Cristo. É preciso ter cuidado para não acreditar nas fake news; em caso de dúvidas, liguem direto na fonte! É importante saber a verdade, pois, na realidade a Cadeeso está em paz, não há racha, e quem quiser pode comparecer na sede da Convenção, nas quintas-feiras, quando acontece as reuniões da mesa diretora, e estaremos nos confraternizando juntos.

Além de diretor da Cadeeso, o senhor também é presidente da Associação Apascentar. Quais benefícios que ela oferece aos pastores e evangelistas filiados a Cadeeso?

Agradeço a Deus que concedeu mais esta bênção à Cadeeso. A nossa Convenção tem mais de sessenta anos de existência, e nós até lamentamos que sendo uma das mais antigas do nosso Estado, pouco tem oferecido aos seus filiados algo realmente importante, devido à falta de iniciativas mais concretas. Mas, graças a Deus, hoje temos uma associação, criada há nove anos, pelo pastor Isack Nunes Samora, e eu fui nomeado e estou na presidência há alguns anos. A Associação Apascentar tem vários convênios com benefícios para os ministros, entretanto, muitos ainda não sabem o que oferecemos. A Apascentar tem convênio com faculdade, assistência médica, social, funerária, orientação jurídica, comércios, empresa de turismo, que proporcionam benefícios para o ministro e sua família. Acessem o site da associação para saber quais os benefícios que oferecemos www.institutoapascentar.com.br. Hoje, a associação está funcionando na sede da Cadeeso.

A Associação Apascentar dispõe de um local destinado às suas futuras instalações. Quais as condições desse espaço hoje?

Temos já legalizada uma área com mais de quatro mil metros quadrados, no bairro Vale Encantado, em Vila Velha, onde pretendemos construir as instalações da Associação Apascentar para levar ainda mais benefícios aos associados.


DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”
Se encontrou algum erro, ou deseja sugerir uma pauta, falar conosco. Clique aqui!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui