Pastor Silas Malafaia rebate biólogo sobre “ninguém nasce gay”

0
69

PrSilasMalafaia-RebateBiologoO pastor Silas Malafaia, considerado “inimigo número 1” do movimento gay no Brasil, na última terça-feira, 5/2, enviou, por e-mail, carta à redação de A TARDE, rebatendo os argumentos do biólogo Eli Vieira, que é mestre em genética e doutorando na Universidade de Cambridge, na Inglaterra. Em seu vídeo postado na internet, o biólogo contesta a afirmação do pastor Silas Malafaia de que a homossexualidade é comportamento e não é ligada à genética, durante a entrevista no programa De Frente com Gabi, no domingo 3/2. Ainda, de acordo com o site, o vídeo foi publicado como resposta ao apelo do deputado federal Jean Wyllys (Psol/RJ), que após a entrevista, através das redes sociais, conclamou os “homens e mulheres da ciência a não se calarem ante a estupidez fundamentalista e o cinismo dos exploradores comerciais da fé”.

Confira a íntegra a carta do pastor Silas Malafaia:

"Minha resposta ao doutorando em Genética, que me parece estar defendendo a sua causa na questão da homossexualidade:

Toda a argumentação que ele apresenta é apenas suposição científica, sem prova real, e tremendamente questionada pela própria Genética.  É igual à Teoria da Evolução, uma argumentação científica que não pode ser provada.

Não existe ordem cromossômica homossexual, só de macho e fêmea.  Então, pseudodoutor, não existe uma prova científica de que alguém nasce homossexual, apenas conjecturas.

Dados de pesquisas americanas:

86% dos homens homossexuais já se apaixonaram ou tiveram relação com mulheres; 66% das mulheres homossexuais já se apaixonaram ou tiveram relações com homens. Como alguém nasce homossexual se já teve relação heterossexual? Isso é uma piada!

46% dos homens homossexuais já sofreram abuso por homens.  A pesquisa é mais estarrecedora ao mostrar que 68% dos homens homossexuais só se identificaram com o homossexualismo após o abuso.

Se o rapaz metido a doutor em Genética quiser saber mais, leia o livro Nascido gay?,  do Dr. John S. H. Tay, que tem mestrado em Pediatria e dois doutorados: um em Genética e outro em Filosofia, e analisou 20 anos de pesquisas sobre o assunto.

Mais uma para o pseudodoutor sobre os gêmeos monozigóticos, que são idênticos geneticamente: 35% desse tipo de gêmeo que é homossexual, o seu irmão gêmeo é heterossexual.  Logo, conclui-se que geneticamente não se nasce homossexual, e o fator externo, do ambiente, é fundamental para determinar isso. Preferência aprendida ou imposta. Ou todos teriam de ser homossexuais ou todos teriam de ser heterossexuais no caso de gêmeos monozigóticos.

[Algumas fontes de pesquisas do livro citado: TOMEO, M. E.; TEMPER, D. I.; ANDERSON, S. Kotler D. Archives of Sexual Behavior [Registros sobre comportamento sexual], outubro de 2011; 30(5):535-41 ; STODDAR, J. P.; DIBBLE, S. L.; FINEMAN, N. “Sexual and physical abuse: a comparison between lesbians and their heterosexual sisters”, in: Journal Of Homosexuality, 56(4):407-20, 2009.]

A verdade é esta: ninguém nasce gay. Não existe prova científica, apenas teorias científicas."

Silas Malafaia

___________________

Assista o video do biólogo:

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome