25 C
Vila Velha

Pastor Geremias Couto faz sérias admoestações sobre o uso do “Púlpito” nas igrejas

EM FOCO

Paulo Pontes
Paulo Ponteshttps://www.searanews.com.br
Fundador e CEO da Seara News Comunicação, jornalista, cidadão vilavelhense, natural de Magé (RJ), pastor, teólogo (Teologia Pastoral e Catequética), presidente do Diretório da SBB-ES, autor do livro Você Tem Valor, membro da Assembleia de Deus em Cobilândia, Vila Velha-ES.

O pastor Geremias Couto publicou, em seu blog e seus perfis nas redes sociais, dois artigos que tratam sobre o uso do púlpito nas igrejas. Nas duas publicações, o pastor assembleiano pontua questões que considera importantes para o bom exercício do ministério e para a vida da igreja.

“O Púlpito”

No primeiro artigo intitulado “O Púlpito”, o experiente pastor admoesta: “O púlpito pertence ao pastor da igreja. Sua tarefa primeira é servir o alimento ao povo. Portanto, terceirizá-lo é renunciar a uma responsabilidade exclusivamente sua”.

Outras pessoas da congregação também podem pregar, mas sob a autoridade do pastor da igreja, inclusive eventuais convidados para colaborar na pregação em eventos específicos da igreja.

Aqui a admoestação serve também para os membros das igrejas que convidam pessoas para pregarem em quase todos os cultos e reuniões, esquecendo ou ignorando a missão do pastor da igreja local. “Deixar que outros preguem o tempo todo, enquanto o pastor permanece apenas como mero administrador, é transferência de responsabilidade e se constitui em anormalidade”, afirma o pastor Geremias Couto, que chama atenção para a “terceirizam a pregação”.

O pastor finaliza o primeiro artigo, escrevendo que “o discurso é duro, mas é o retrato da realidade em muitas de nossas igrejas”.

“Por um púlpito melhor”

O segundo artigo intitulado “Por um púlpito melhor”, parece ser uma continuidade do anterior. O pastor Geremias Couto continua fazendo admoestações sobre o uso do púlpito nas igrejas, especificando as Assembleias de Deus do Brasil.

O pastor inicia o texto afirmando sobre a perda da finalidade do púlpito transformado numa plataforma para acomodar uma grande quantidade de obreiros, prática comum da denominação. E, como cultura não se muda muito rapidamente. É preciso insistir na tecla”, aconselha o pastor, que passa a dar “algumas dicas preciosas de coisas em geral a serem evitadas no púlpito”:

  1. Permitir que apenas subam ao púlpito as pessoas que participarão da liturgia, restringindo o acesso desenfreado a todos os que se acham no direito de lá estar.
  2. As pessoas que cantam e conduzem o louvor congregacional, devem evitar caras e bocas, roupas apertadas ou com o corpo exposto. Lembrando de que não estão numa passarela; também não são arroz de festa. A postura esperada é a mais humilde possível, rosto no pó, evitando aquela rama de falatório, visto que se trata da adoração comunitária ao Criador.
  3. Aos que pregam, preparem-se em todos os sentidos para entregar uma mensagem bíblica à altura da necessidade da igreja. Evitem desabafos, alfinetadas, compartilhamentos de histórias de membros da própria igreja, falação sem nexo ou mesmo enrolação. Apenas pregue! Não a sua palavra, mas a Palavra de Deus.
  4. Aos que se assentam no púlpito em razão da cultura já desenvolvida, evitem folhear a Bíblia, como se estivesse a procurar um texto caso seja chamado. Deveriam vir prontos de casa. Em alguns casos, nem é isso. É mesmo desrespeito ao culto.
  5. Outros comportamentos inadequados aos que nele se assentam são: cochicharem entre si, murmurar, criticar quem canta, falar mal do pregador, dizer que fariam melhor, bocejar ou mexer vergonhosamente com as mãos em partes que deveriam ser evitadas publicamente, atrair a atenção para si ao invés de atrair para o Senhor.

Ao finalizar seu artigo, o pastor informa que outros pontos valeriam a pena ser listados, mas, “esses por agora bastam. Não se trata de ser chato. Trata-se de termos um púlpito melhor”, conclui o pastor Geremias Couto, que é escritor, jornalista e conferencista.


DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”
Se encontrou algum erro, deseja sugerir uma pauta, ou falar conosco. Clique aqui!
- Publicidade -

LEIA MAIS...

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

LEIA TAMBÉM

ESTUDOS E DEVOCIONAIS

- Publicidade -
Rádio Seara News
- Publicidade -
Suprema Contabilidade
- Publicidade -spot_img