Pastor evangélico é árbitro da FIFA na Copa do Mundo 2014

0
43

Marco Rodriguez: um pastor entre os árbitros da Copa do Mundo

O pastor evangélico Marco Rodriguez é árbitro da FIFA na Copa do Mundo 2014Marco Rodrigues, 40, é pastor evangélico.

Dos 33 árbitros que foram escolhidos pela FIFA para apitar os jogos na Copa do Mundo de 2014, um deles foge um pouco do padrão. Enquanto vários juízes vivem fora do campo como professores de educação física ou sendo empresários, o mexicano Marco Rodriguez, 40, é pastor evangélico.

Em sua longa carreira, com 17 anos de arbitragem, já participou das duas últimas copas, além de ter apitado importantes partidas, incluindo finais do campeonato mexicano, partidas da Copa América e da Libertadores.

Ele é o primeiro árbitro mexicano a participar de três Copas do Mundo (2006, 2010 e 2014) e já atuou este ano na vitória de 2 a 1 da Bélgica sobre a Argélia na última terça-feira. Dependendo dos resultados e da classificação (ou não) do México para a próxima fase, ele poderá apitar um dos jogos das oitavas.

Nascido em um lar evangélico, Rodriguez é conhecido por não "poupar" cartões durante os jogos. Afirma que sua função é aplicar as regras, mesmo sabendo que sempre irá desagradar um dos lados. "Em cada jogo, peço que Deus me ajude a fazer justiça no campo", explica, contando que sempre ora antes do apito inicial.

Líder de uma igreja na área metropolitana da Cidade do México, o árbitro-pastor, afirma que nunca teve problemas em exercer as duas atividades. "Eu decidi me entregar, durante anos, ao serviço de Deus. Me dedico à igreja o máximo que posso. Quando eu não estou no meu trabalho como árbitro, estou no templo", afirma.

Testemunho do árbitro-pastor Marco Rodriguez

Parte 1

Parte 2

Fonte: Protestante Digital via Point Rhema

_______________________________________
Obs.: É permitido a cópia para republicações, desde que cite o autor e as respectivas fontes principais e intermediárias, inclusive o Seara News informando o link www.searanews.com.br. Mais informações em nossa página: “Jurídico”.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome