Os dois lados de uma moeda
Os dois lados de uma moeda | Foto: Pixabay

Poderes, domínio, estratégias políticas e padrões obscuros

Por Wanderli Luiz Pereira

Não se trata de uma demanda clássica, a referência que faço em relação à moeda citada, mas de poderes, domínio, estratégias políticas e padrões obscuros em busca de uma alienação perfeitamente baseada em dois lados da mesma moeda.

Parece confuso, no entanto é exatamente  esse aspecto que devemos entender como os dois lados de uma política baseada em uma moeda. vou explicar melhor. Nos dias atuais em que nós enfrentamos uma pandemia viral (Covid-19) os lados da moeda lutam entre si de forma que tentam impor suas teorias onde os lados reagem de modos diferentes um do outro.

De um lado da moeda, o capitalismo

Um lado da moeda, podemos chamá-lo de capitalismo, onde os indivíduos em suas sociedades defendem valores cristãos, morais como: Deus, família tradicional (homem x mulher, e filhos), pátria e propriedade. O homem não é o centro do universo.

Do outro lado da moeda, o comunismo

O homem é o centro do universo. Família com estrutura diferenciada baseada em valores humanos e por afinidade (homem x homem; mulher x mulher, filhos somente adotivos),pois não há nenhuma compatibilidade genética, física, científica, para gerar outro ser humano. Deus não existe, não há propriedade privada, mas sim o Estado como uma nação dominante sobre a população; Deseja participar coletivamente de uma sociedade onde todos produzem, embora o resultado da produção seja para uma minoria. De um ponto de vista sócio-econômico, isso não passa de uma escravidão disfarçada de ditadura, pois os lucros da produção e do consumo, sempre sobram para o deleite de uma minoria que insiste em manter a ideologia da ditadura disfarçada de capitalista, pois gera emprego e renda, impostos e taxas para o governo,mas para a população em geral , sobra apenas o esforço do trabalho, e a lei do mínimo para sobreviver pois está embasada numa ideologia do comum para todos:escravidão; e para a minoria: os lucros.

Portanto, são dois lados de uma moeda com pensamentos diferentes em busca  de objetivos conturbados que busca alcançar seu êxito. embora esses objetivos se compactuem em favor de um grupo, ainda que pequeno.

Se observarmos os lados dessa moeda tão realista, teremos o planeta terra como a moeda, e os pensamentos ideológicos predominantes, como sendo os lados dessa moeda. E ambos os lados lutando pelos seus desejos objetivando fazer parte de uma fatia maior para satisfazer suas demandas e anseios.

A ideia de se ter um pensamento diferente, não é o problema. ninguém precisa concordar. Mas uma coisa é certa: desde que o homem foi criado, preferiu ouvir a criatura do que o criador. Assim afastou-se de Deus, encheu-se de conhecimento e deu lugar a pensamentos sem nobreza alguma; e preferiu dizer que a ciência explica o que um “Deus morto” não consegue explicar  e nem fala com o homem para instruí-lo. Preferem acreditar que uma aceitação e afinidade definem o ser humano e atropelam a própria ciência quando em suas escolhas, cometem o delírio em dizer que a família tradicional formada geneticamente pelos cromossomos X e Y também está morta. Preferem dar uma nova fórmula para a família baseada, se assim podemos dizer, na fórmula ( XY, XX )Y  onde o expoente Y baseia-se na formulação de uma família constituída por dois seres do mesmo sexo de nascimento. Grosso modo, não sabem que quem escolhe o gênero animal ou criatura, é o criador.


DEIXE UM COMENTÁRIO 
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

1 COMENTÁRIO

  1. É um artigo… Não é tão simples assim como descrito, Mas é uma opinião válida… Poderíamos dizer farinha do mesmo saco… Ou dois sacos de farinha onde de acordo com os interesses a farinha muda de partido, ops de saco… Para continuar no poder ou se eleger, após eleito cai a máscara ou volta para o saco. Em resumo muito mais do que ideologia e política, muitas vezes ao ver vereadores em municípios paupérrimos aumentando o seu próprio salário, juízes legislando em causa própria… Verificamos que tudo realmente gira em torno da moeda ou do dinheiro.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui