Obama está pavimentando o caminho para o anticristo, diz pastor texano

0
37

"Obama está pavimentando o caminho para o anticristo", diz pastor Robert Jeffresspastor Robert Jeffress

As políticas administrativas implementadas pelo presidente Barack Obama nos EUA estão preparando o caminho para um futuro ditador mundial. A afirmação é do pastor Robert Jeffress, pastor senior da Primeira Igreja Batista em Dallas, no Texas, que lançou um livro a respeito de tema,  Perfect Ending: Why Your Eternal Future Matters Today  (algo como Final Perfeito: Por que seu Futuro Eterno é Importante Hoje).

Em entrevista concedida ao jornal online norte-americano The Christian Post, Jeffress enfatiza que ele não afirma que Obama é o próprio Anticristo, mas que a condução de sua política está fazendo as pessoas desistirem de seus direitos. E ainda brincou dizendo que de acordo com as indicações bíblicas, tal líder mundial teria números nas pesquisas mais elevados, ao contrário do líder norte-americano, que vive hoje sua maior baixa em popularidade, segundo o instituto de pesquisas Gallup.

Uma das políticas citada por Jeffress é o apoio manifesto por Obama ao casamento homessexual. “Pela primeira vez na história dos EUA você teve um presidente que propôs uma mudança em uma das leis morais mais básicas de Deus, que é o casamento, que deve ser entre um homem e uma mulher. O presidente foi capaz de fazer todas essas coisas e ainda ganhar a reeleição por uma margem confortável”, afirmou. O líder espiritual ainda citou o Obamacare, o plano de seguro social lançado pelo governo Obama, como uma forma de tolher a liberdade da população em escolher seu próprio médico ou fornecedor de seu próprio seguro de saúde.

Jeffress explica que suas inferências são ilustrativas, mas apontam para o modo como o presidente norte-americano está preparando a vinda do ditador mundial. “(essas políticas) são exemplos do que ainda está por vir, mas também estão preparando o caminho para o que está por vir, condicionando as pessoas a desistirem de seus direitos em nome de um chamado bem maior”, esclarece.

Controvérsia

Enquanto Jeffress atrai a atenção da mídia e do público para as declarações bombásticas de seu novo livro, alguns especialistas fazem ressalvas às suas afirmações.

“Os crentes devem estar alertas dado o fraco desempenho de tais previsões. É preciso ter muito cuidado ao fazer tais associações”, disse o pesquisador sênior e professor de Estudos do Novo Testamento do Seminário Teológico de Dallas, Dr. Darrell Bock, em entrevista ao jornal online norte-americano. Segundo ele, o mais problemático é que os EUA não são mencionados em nenhum momento nas Escrituras, “nós só temos descrições genéricas de como o mundo age e conduz seus negócios”.

Muitas publicações, a exemplo do Dallas Observer, chamaram a afirmação do pastor Jeffress de “golpe publicitário”, devido à falta de embasamento bíblico das afirmações sobre o fim dos tempos e sua relação com o chefe de estado norte-americano.

Outro estudioso, desta vez o Dr. Paige Patterson, presidente do Seminário Teológico Batista do Sudoeste em Forth Worth, no Texas, explicou que “todas as democracias ocidentais estão fazendo exatamente o que Jeffress defende”. Para ele, a rápida expansão dos poderes dos governos e o crescimento do estado do bem estar social preparam o palco para o Anticristo, o que é precisamente o que é previsto acontecer.

De fato, para os que estão procurando sinais do Fim dos Tempos, é comum a associação de condutas políticas ao apocalipse. Muitos relacionam guerras como a da Síria, os conflitos israelenses-palestinos, os rumos políticos da comunidade de países europeus a presságios do tempo final.

De modo geral, de acordo com o professor Bock, o crescimento dos governos, o enfraquecimento da vontade individual e a concentração de poder nas mãos de burocratas são claramente revelados nas Escrituras.

Mas ele lembra que devemos estar atentos ao que as Escrituras dizem sobre estes temas, mas não fazer previsões aleatórias sobre os fatos finais.

Lembrando o dito de Jesus, o ladrão virá a uma hora incerta da noite. “Se o dono da casa soubesse a que hora da noite o ladrão viria, ele ficaria de guarda e não deixaria que a sua casa fosse arrombada” (Mt 24.43).

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome