O marido deve amar sua esposa como Cristo ama a Igreja

Por Valtair Freitas

(Esta explanação de Efésios 5.25-28) é parte de um estudo bíblico que fiz com o título “A Abominação de Sodoma e Gomorra”). Creio que é muito edificante, principalmente para os maridos.

“Vós, maridos, amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, a fim de santificá-la, tendo-a purificado com a lavagem da água, pela palavra, para apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem qualquer coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. Assim devem os maridos amar a suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo” (Ef 5.25-28).

Uma coisa que muitos maridos não sabem é que terão de apresentar as suas esposas a Deus como Cristo apresentará Sua Igreja, isto é, “gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível”.

Cada marido prestará contas a Deus de sua esposa. Como sacerdote do lar, o marido tem o dever de conservar sua esposa como a Bíblia manda.

A esposa deverá ser apresentada a Deus como uma mulher completa, e o marido tem a responsabilidade de zelar por isso.

Análise do texto:

O Senhor cobrará do marido o que ele ordena que se faça em relação à esposa. Assim ela deverá ser apresentada a Deus:

– GLORIOSA – Uma mulher satisfeita, que se sente amada pelo marido. Realizada como esposa e bem tratada. Essa glória da esposa é a alegria de ter encontrado no marido as virtudes necessárias de fazê-la esposa, e não uma “empregada”.

– Sem MÁCULA (mancha) – As máculas são as decepções sofridas no dia a dia. A esposa que se sente rejeitada, mal amada, não compreendida, traída e descuidada pelo marido vai, a cada dia, maculando a sua alma. Pode ser que seu sorriso brilhe, mas a sua alma está manchada pelos maus tratos do marido. O Senhor cobrará isso dos maridos. Pois é mandamento que os maridos amem, cada qual a sua esposa, como Cristo ama a Igreja. Cristo nunca decepcionou a sua noiva (a Igreja).

– Nem RUGA – As rugas sempre aparecem com o envelhecimento da cútis. Mas não é só envelhecimento que causa rugas. O sofrimento também traz consigo muitas rugas. O excesso de responsabilidade produz rugas, o stress causa rugas, a tristeza também enruga a face. O marido pode evitar muitas rugas precoces em sua esposa. Não causar sofrimentos à esposa. Procurar evitar entristecer aquela a quem ama. Muitas rugas serão evitadas se o marido souber amar e compreender a sua esposa.

Outra coisa importante é o marido reconhecer a esposa como sua auxiliadora. Foi assim que Deus planejou a mulher. Para auxiliar e não para carregar a carga sozinha.

Muitos maridos exploram as esposas fazendo-as trabalhar excessivamente. O trabalho pesado é responsabilidade do marido, por isso ele é a “cabeça”.

A mulher não foi criada para dirigir a casa e a família, mas auxiliar o marido nessa tarefa. A esposa não deve ser explorada tua mulher. Deus pedirá conta disso.

– Nem COISA SEMELHANTE – Ou seja, desgaste físico, emocional e psicológico.

– Mas SANTA E IRREPREENSÍVEL – A santificação da esposa, muitas vezes, depende de como o marido a trata. Se o tratamento é áspero, se não há carinho. Se há demasiada cobrança, a esposa se sente infeliz e sua santidade fica comprometida, pois não vê um exemplo no marido. Da mesma forma a esposa será irrepreensível se o marido for irrepreensível.

Pense nisto!

Nos Laços do Calvário,
Pr. Valtair Freitas

1 COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui