O Homem: Seu Mundo, Seu Tempo, e Suas Prioridades
Homem olhando conferindo as horas no relógio. | Foto: Pixabay

O tempo é inexorável e sempre deixa marcas de sua inevitável passagem.

Paulo Pontes

O relato da criação, no livro de Gênesis, dá ao homem uma posição ou lugar de superioridade dentro do cosmo. Sua criação não foi apenas a obra final de Deus. No homem, a obra dos outros cinco dias encontra o seu ápice.

O homem

O mundo foi feito para o homem! Isso justifica o fato de ser a última obra do criador. Deus preparou tudo para o homem encontrar todas as coisas prontas para si. Mas isto deve ser visto como uma admoestação à humildade, uma vez que a superioridade do homem sobre as outras criaturas fica evidente, em sua criação. O homem foi criado pela mão do Criador, enquanto que as outras coisas e tudo o que lhe antecedeu foi pela Palavra de Deus. Ele criou as várias espécies e deixou que o desenvolvimento e o progresso de cada espécie fossem conforme as leis da sua existência. Mas quanto ao homem, sua distinção entre as criaturas inferiores implica na declaração de que “Deus criou o homem à sua imagem”.

O homem e seu mundo

Se é certo que o homem é um ser aberto a experiências, então, o mundo é o campo onde elas ocorrem: vivências, contatos, conhecimentos empíricos. A partir deste ponto o homem, em certo sentido, passa a ser um produto do meio ao mesmo tempo em que é também o agente da própria transformação. A forma como vive as suas diferentes experiências depende muito das atitudes ativas ou passivas, lembrando que a própria vida é uma experiência única, pessoal e intransferível. Portanto, a relação homem-mundo é marcada por complexidade, diversidade de situações existenciais, também devido às idiossincrasias em diversas áreas. Um fato, porém, que deve ser levado em consideração é que o homem foi criado em um mundo pré-existente. E viver nesse mundo implica em encarar grandes desafios, superar adversidades, adaptando-se às mais diferentes situações que surgem ao longo da vida, como num processo de socialização e aprendizagem.

- Publicidade -

Na medida em que se desenvolve, o homem vai se transformando e se tornando cada vez mais independente e autônomo em suas decisões, escolhendo e definindo a própria maneira de viver. Afinal, na criação foi dotado de livre arbítrio. Tem direitos, mas não deve se esquecer das obrigações.

O homem e seu tempo

Aqui cabe uma reflexão exegética de Efésios 5.15,16: “Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus”. Usando uma linguagem mais apropriada para uma melhor compreensão do texto, temos: “Observem, cuidadosamente como estão vivendo, que não deve ser com insensatez, mas com sabedoria, resgatando o tempo, porquanto os dias são maus”.

Comparando as versões da Bíblia, a ARA (Almeida Revista e Atualizada) é a que mais se aproxima à exatidão, expondo um significado mais amplo para a mensagem que o apóstolo Paulo escreveu aos irmãos de Éfeso. A questão é também um conceito veterotestamentário exposto em Salmos 90.12-17 que destaca a fragilidade por causa do pecado, e a oração do homem frágil nos dias da sua angustia e aflição, ao Todo-Poderoso Deus eterno.

“Remindo o tempo”. O tempo a ser resgatado indica uma batalha pela sobrevivência física, e principalmente espiritual (Efésios 6.13). O texto de Ef 5.16 refere-se ao momento presente vivido pelo homem cristão, num mundo que está debaixo do poder do maligno (1 Jo 5.19), e sob a influência de espíritos enganadores (1 Tm 4.1). Neste mundo, a despeito da ação do inimigo (2 Co 4.4), o testemunho do homem deve ser o seu modo de viver (Ef 5.15). São os “dias maus”, um tempo sob o poder do pecado, da corrupção moral. Mais do que em outro tempo, o espírito do erro nunca se manifestou assim, tão acintosamente como nestes últimos dias. Portanto, o homem é admoestado a viver de forma sensata, com entendimento, buscando entender a vontade de Deus e o propósito da sua existência.

O homem e suas prioridades

Daqui para frente faz-se necessário estabelecer prioridades. Quanta coisa se pode fazer num dia? Quanta coisa ficou ainda por fazer? – “Observem cuidadosamente como estão vivendo” (Ef 5.15).

Sei que o tempo é inexorável! Há muito, aprendi ainda na Escola Bíblica Dominical, num estudo da mordomia cristã relativo ao tempo, que Deus é o Senhor do tempo. E que administramos o tempo que Deus nos dá à medida que somos administrados por Ele. É necessário estabelecer prioridades, principalmente quando temos muita coisa a realizar, porque nesse dia, o espaço dentro do tempo pode não parecer o suficiente, então os trabalhos, as tarefas vão se amontoar, e certamente não teremos uma ação exitosa, pois no mínimo uma sairá errada e outra, talvez fique para outro dia. E vamos nos perguntar: “Onde está o erro?”

Para assegurar que estamos no caminho certo, precisamos responder algumas perguntas como: “Quais são as minhas prioridades?” “O que deve estar em primeiro lugar?” “Qual o meu real e absoluto objetivo?”

Na Bíblia, o Salmo 128 nos dá uma visão escriturística de prioridades que afetam a vida pessoal, profissional e financeira, familiar (esposa e filhos), e espiritual (igreja e ministério). De acordo com o texto a lista de prioridades inclui: Deus, Trabalho, Familia (esposa e filhos), e por último, igreja. Não significa dizer que devemos dar mais valor às primeiras, ou classificar as últimas como menos importantes. Mas o escritor do salmo assegura que seguindo a ordem sequencial apresentada, mantém a vida em certo padrão.

Eclesiastes 3.1, nos diz que para todas as coisas há uma ocasião certa. Deus é organizado! Suas prioridades estabelecidas para a obra da criação não deu somenos valor à última obra feita. Antes, preparou e organizou tudo para a chegada daquele que é a coroa da sua criação, o homem. Certamente que se espera dessa criatura, atitude semelhante a do criador.

Vivendo em um mundo onde tudo é vaidade, onde tudo passa e nada satisfaz, o Salmo 128 vem com uma mensagem motivadora, ensinando que manter a vida organizada é a base para a prosperidade.

Estabelecer prioridades visa trazer novas perspectivas de prosperidade e de melhor qualidade de vida, mesmo em meio à globalização, ao ativismo, e ao imediatismo, comuns nestes dias e que dão sustentação ao atual sistema político e econômico.

PRP/SearaNews


DEIXE UM COMENTÁRIO 
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

3 COMENTÁRIOS

  1. Pastor Paulo Pontes li a matéria publicada na Seara News e achei o artigo interessante e impactante e recomendo a leitura a qualquer pessoa que exerce função de liderança.

  2. Tenho acompanhado todas as publicações e artigos desta revista online, e posso recomendar aos demais internautas sua leitura, pois trata-se de comentários sérios e de fontes seguras. Parabéns, meu amigo Pr. Paulo Pontes.

  3. Caro Pastor Paulo Pontes, seu texto é psicoteológico, e traz a luz um assunto deverás importante para os nossos dias. Tempo e Prioridades tem tudo a ver com o sucesso ou fracasso de nossos projetos.

    Robson Aguiar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui