O filme turco “Milagre na Cela 7” está causando na Netflix
O filme conta a história de Memo, um pai solteiro que possui deficiência mental, que vive em um vilarejo com a filha e a avó.

O longa parece seguir a linha de outro sucesso das telas “A espera de um Milagre”.

O filme conta a história de Memo (Aras Bulut Iynemli), um pai solteiro que possui deficiência mental (meio parecido com o “Tonho da lua”). No filme ele vive em um vilarejo da Turquia com a filha, Ova (Nisa Sofiya Aksongur) e a avó, Fatma (Celile Toyon Uysal).

O longa de baixo custo financeiro, parece seguir a linha de outro sucesso das telas “A espera de um Milagre” com Tom Hanks e Michael Clarke que conta a história de um preso inocente que fazia milagres.

Já a história de Memo é diferente, ele é amável e todos na cidade gostam dele, mas, acaba sendo preso acusado de ter assassinado uma menina de 7 anos filha de um militar de alta patente.

Após preso e espancado por militares, Memo é conduzido ao presídio onde os presos de sua cela ao saberem da acusação contra ele, tentam matá-lo, espancando-o.

O tempo passa, Memo sobrevive, e o ódio dos detentos contra ele aos poucos vai se transformando em amor, ao perceberem o quanto amável ele é diante deles.

As ações de Memo na cadeia vão destruindo qualquer discurso acusatório contra ele e as primeiras impressões dos colegas de cela sobre ele, vão caindo por terra.

Os presos são convencidos que aquele homem que está diante deles seria incapaz de fazer mal a alguém.

Por ser a Grécia um país de maioria islâmica, o filme tem viés na religião maometana e textos do Alcorão são citados pelos personagens.

Do ponto de vista crítico, o filme faz críticas à pena de morte quando apresenta um inocente condenado.

O filme turco “Milagre na Cela 7” está causando na Netflix
Aras Bulut İynemli, Nisa Sofiya Aksongur | Copyright Kinostar Filmverleih GmbH

Também é abordado a relação pai e filhos. A importância de se dar atenção e amar os filhos.

O filme valoriza ainda o nosso relacionamento com as pessoas especiais e a capacidade delas de interagir conosco.

Por último destaco ainda a mensagem transmitida pela película sobre os nossos pecados, o que fazemos aqui e o que levaremos para a eternidade.

Na minha opinião “Milagre na Cela 7”, é um forte candidato ao Oscar de melhor filme estrangeiro para 2020.

Também creio que o ator Aras Bulut Iynemli, merece um prêmio por sua brilhante atuação.

Assistam e tentem não chorar.

R.A


Colabore com o trabalho do portal Seara News, contamos com seu apoio para ampliar e fortalecer nossa atuação, acesse agora apoia.se/searanews e faça sua doação.

Seara News 25 anos

DEIXE UM COMENTÁRIO ABAIXO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui