Número de refugiados é o maior desde a 2ª Guerra

0
48

Número de refugiados é o maior desde a 2ª Guerra

 

Ao todo, 51,2 milhões de pessoas estão refugiadas, desabrigadas ou em busca de asilo. Mais da metade são de apenas três países: Afeganistão, Síria e Somália, que, não coincidentemente, estão entre os cinco países mais opressores aos cristãos.

Ao redor do mundo, muitos cristãos são forçados a mudar de vida por causa da perseguição. Em países onde há conflitos religiosos, centenas e centenas de cristãos deixam suas casas em busca de lugares mais seguros, tornando-se refugiados.

Em 2003, havia um milhão de cristãos no Iraque, hoje existem menos de 345 mil. Dados divulgados pela ONU mostram que o problema de refugiados espalhados pelo mundo é bastante sério e não somente para os cristãos.

“Estes dados nos mostram que a paz está seriamente em déficit no mundo. Estes números são possíveis porque observamos uma multiplicação de novas crises, enquanto ao mesmo tempo as velhas crises parecem não acabar nunca”, disse o alto comissário da ONU para os refugiados, Antonio Guterres.

Segundo o documento “Acnur, Tendências Globais 2013”, no final de 2013, o número de refugiados chegou a 16,7 milhões, 33,3 desabrigados no interior do próprio país e quase 1,2 milhão solicitava asilo.

Guterres informou que havia 10,7 milhões de novos deslocados em 2013 e 2,5 milhões de novos refugiados, o que ele caracterizou como “um aumento colossal”.

O resultado verificado pela ONU é seis milhões maior que o atestado no ano de 2012: 45,2 milhões.

Fonte: Portas Abertas

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome