Novo Coronavírus mantém cristãos perseguidos em isolamento duplo
As reuniões secretas de cristãos para estudos bíblicos e discipulado foram interrompidas pela pandemia de Coronavírus, deixando-os ainda mais isolados. | Foto: Portas Abertas

Diante da Covid-19, os cristãos no Uzbequistão, país de maioria muçulmana, não apenas vivem isolados por causa de sua fé, mas agora também enfrentam desemprego e discriminação.

A família de Batyr* são os únicos cristãos na remota área montanhosa onde vivem, no Uzbequistão (país da antiga União Soviética). Por causa de sua fé, eles são evitados por seus parentes, vizinhos e gerentes de empresas e, por conta disso, Batyr não conseguiu encontrar um emprego em qualquer lugar perto de casa. Isso o forçou a procurar trabalho em outro lugar, mais distante de sua vila, para poder sustentar sua esposa e quatro filhos, dos quais um é deficiente.

Quando o país entrou em confinamento para combater a disseminação do Coronavírus, a vila também ficou em quarentena e Batyr teve que desistir de seu emprego. Quando as autoridades da vila distribuíram mantimentos para os moradores mais necessitados, a família de Batyr foi excluída por causa de sua fé cristã.

Uma igreja na cidade mais próxima ouviu falar da situação da família e enviou mantimentos e algum apoio financeiro.

Os cristãos no Uzbequistão estão sob crescente pressão, mas a pandemia está oferecendo à Igreja oportunidades de divulgação que nunca teve antes, desde levar os cultos da igreja e a mensagem do Evangelho on-line até a distribuição de alimentos e máscaras protetoras.

“É ótimo ver como a igreja da Ásia Central está alcançando esperança e luz durante esta crise do COVID-19. Os testemunhos que ouvimos mostram que é uma igreja resiliente que sabe como agir durante essa crise”, disse um colaborador da Portas Abertas.

Muitas das igrejas receberam o treinamento “Permanecendo Firme Através da Tempestade”, que ajuda a preparar os cristãos para a perseguição, mas as lições que ensina sobre o sofrimento são tão importantes quanto ao desafio do COVID-19, disse o colaborador.

Motivos de Oração

  • Ore pelos cristãos ex-muçulmanos do Uzbequistão, que se encontram duplamente isolados: por causa da sua fé e do isolamento social imposto pela pandemia do Coronavírus.
  • Orar por sua situação financeira e por trabalho que lhes garante o mínimo para viver;
  • Ore pela saúde deles, com a disseminação da Covid-19;
  • Ore pela proteção de Deus por Batyr e sua família.

Colabore com o trabalho do portal Seara News, contamos com seu apoio para ampliar e fortalecer nossa atuação, acesse agora apoia.se/searanews e faça sua doação.

Seara News 25 anos

DEIXE UM COMENTÁRIO ABAIXO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui