Seara News | Mulheres e crianças são resgatadas de grupo radical islâmico na Nigéria

Os perseguidores de cristãos na Nigéria, o grupo radical islâmico Boko Haram tem em seu poder muitos reféns, mas no domingo (02/08), o exercito nigeriano anunciou o resgate de 178 pessoas. Entre os libertados do grupo radical estão 101 crianças e 67 mulheres.

O grupo radical islâmico Boko Haram que atua na Nigéria, vem tentando implantar no país a forma mais radical da Sharia ou lei islâmica, e para isso montou um esquema violento de perseguição a todos os que são contrários ao ideal da seita.

- Publicidade -

Boko Haram, que em tradução livre significa “a educação ocidental é pecaminosa”, mantém uma perseguição extremamente violenta contra os cristãos do país, por ver os mesmos como uma ameaça aos seus ideais radicais.

Desde que começou a sua jornada há seis anos para impor a sharia como lei no país, o grupo já fez mais de 15 mil vitimas atentados fatais, dentre estas vitimas estão na sua grande maioria os cristãos do país.

Além das mortes os radicais do Boko Haram que recentemente prometeu lealdade ao ISIS (Estado Islâmico), que impõe uma jornada também violenta contra os cristãos no Iraque e região da Síria, têm em seu poder muitos reféns, os quais são usados pelos radicais da pior maneira possível.

Mas neste domingo (02/08) o exercito nigeriano anunciou o resgate de 178 destes reféns que estão no poder dos jihadistas da seita, entre os resgatados pelo exercito estão 101 crianças e 67 mulheres, que está impondo um levante contra os radicais, com propósito de acabar com a milicia radical islâmica.

O atual presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, prometeu em sua campanha de “esmagar” o Boko Haram, fazendo todos os esforços para formar grupos para bater de frente com os radicais, levantando pelo menos uns 8.700 efetivos na Nigéria, Camarões, Niger, Chade e Benin.

Um coronel do exercito nigeriano relatou que durante a operação de resgate também foi capturado um comandante do grupo terrorista.

NOTA: Continuemos ORANDO, para que Deus ajude aos cristãos e os demais que ainda estão em poder dos jihadistas, para que tenham forças, consigam suportar o cativeiro e permaneçam na fé e assim, como estes 178, sejam também libertados.

Fonte: Inforgospel

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui