Microsoft vai excluir contas inativas há mais de dois anos
Serviços como Skype, oferecido pela Microsoft, não mais poderão ser acessados por meio das contas desativadas. (Foto: GETTY IMAGES)

Você tem contas na Microsoft que usa pouco? É bom ativá-las até 30 de agosto.

A Microsoft vai encerrar todas as contas de seus clientes que estão inativas há mais de dois anos. A medida, anunciada pela companhia por meio de um comunicado recente, começa a entrar em vigor em 30 de agosto.

Contas inativas há mais de dois anos serão eliminadas automaticamente. Assim não mais poderão ser usadas para acessar produtos e serviços da Microsoft.

Todos os serviços, como XBox, Outlook, Hotmail e Skype, associados a essas contas também serão eliminados.

Quem tiver a conta eliminada perde todos os contatos e dados associados a ela. Arquivos armazenados no OneDrive, serviço de armazenamento da nuvem na Microsoft, também desaparecerão.

O que fazer?

Para não perder uma conta, o usuário precisa acessar os serviços ou apenas logar no site de gerenciamento de contas ao menos uma vez a cada dois anos.

A Microsoft recomenda que o usuário verifique o status da conta, acessando o site de gerenciamento de contas da empresa.

Acessar a seção de gerenciamento exige iniciar uma sessão. Isso já é suficiente para manter a conta ativa por ao menos dois anos.

A empresa reduziu o limite de inatividade, que antes era de cinco anos.  Mas alguns serviços têm de ser acessados ao menos uma vez por ano para evitar o potencial fechamento da conta. Como por exemplo o OneDrive e o Outlook (de email).

Microsoft vai excluir contas inativas há mais de dois anos
Para não perder dados e contatos, a Microsoft sugere acessar o site de gerenciamento de contas da empresa ao menos uma vez a cada dois anos. (Foto: PA)

Os casos em que a conta não será encerrada

Algumas atividades evitam que a conta seja cancelada, mesmo se não tiver havido login recente.

Por exemplo:

  • Se houver uma compra vinculada a essa conta (não inclui cartões-presente ou certificados);
  • Se a conta estiver ligada à assinatura de um serviço ainda em andamento;
  • Quando a conta for de programadores que publicam na Microsoft Store;
  • Se a Microsoft deve dinheiro a essa conta;
  • Por questões legais ou a critério da empresa.

Para outras informações, visite o site oficial da Microsoft.

Fonte: BBC News
DEIXE UM COMENTÁRIO_____________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui