Meriam Ibrahim é novamente libertada

0
23

A Sudanesa, que foi absolvida da pena de morte na última segunda-feira (23), foi libertada depois de ter ficado detida com sua família no aeroporto de Khartoum.

Meriam Ibrahim é novamente libertada

Meriam Ibrahim foi sentenciada ao enforcamento, em maio, após renunciar ao Islã, provocando indignação generalizada tanto em seu país como fora dele.

Cerca de 40 agentes de segurança deteram Meriam, seu marido, Daniel Wani, e seus dois filhos – no aeroporto, segundo relatores. Todavia, o Sudão informou aos Estados Unidos que ela e sua família haviam sido libertadas recentemente.

“Eles ficaram presos temporariamente por algumas horas por causa de questionamentos acerca de sua documentação”, informou Marie Harf, porta-voz do departamento de Estado dos Estados Unidos, aos jornalistas.

O governo do Sudão afirmou aos Estados Unidos que Meriam e seu marido estavam a salvo, comentou a Sra. Harf. Ela disse que os Estados Unidos está trabalhando com o Sudão para assegurar a saída deles, do país, com segurança.

Recentemente, um oficial sudanês de alto escalão, informou à BBC que apesar de a Sra. Ibrahim ser sudanesa, ela estava usando documentos de emergência do Sudão do Sul com um visto americano.

Ela deverá obter um passaporte e visto de saída no momento da sua liberação, informou Abdullahi Alzareg, do ministério de relações exteriores. O marido de Meriam é um cristão sudanês e possui nacionalidade americana.

Um dos advogados de Meriam, El-Shareef Ali, informou à BBC que ele e sua equipe tiveram acesso negado a ela.

Fonte: Portas Abertas

Leia Também:

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome