Médico capixaba explica a seriedade e os perigos do coronavírus
O médico Henrique Bonaldi pede que as pessoas encarem com seriedade o coronavírus e faz um alerta para o fato de que a situação deve se agravar nas próximas semanas. (Foto: Reprodução/Internet)

O médico capixaba, Henrique Bonaldi, explica os perigos do coronavírus e pede para população ficar em casa devido a seriedade da situação.

O capixaba Henrique Bonaldi é médico cardiologista e na tarde desta última quarta-feira (18) gravou um vídeo que viralizou nas redes sociais. Bonaldi fez alertas sobre os perigos e a seriedade da Covid-19.

O médico explica que a doença evolui, nos casos mais graves, para uma insuficiência respiratória aguda. Nesses casos, faz-se necessário o uso de um respirador mecânico para respirar pelo doente visto que o pulmão para de funcionar.

Quando a pessoa chega a este ponto de gravidade no coronavírus, não há nada que possa ser feito além de colocá-la no respirador mecânico e aguardar de 15 a 21 dias (média europeia) até que a mesma possa der retirada do aparelho.

De acordo com o médico, o controle da situação depende muito da educação das pessoas. E, de maneira clara e didática, ele explica a importância do isolamento social durante esse período de pandemia. Portanto ele pede que as pessoas não saiam de casa para evitar a proliferação do coronavírus.

Bonaldi ainda faz um alerta quanto a falta de condições para se cuidar de um número expressivo de pacientes graves. “Não teremos ventilador mecânico para todos os pacientes graves”.

Ele afirma que se trata de uma questão matemática que envolve o número de doentes graves e o número de aparelhos disponíveis nos hospitais.

“Eu tenho no país x aparelhos de ventilação mecânica, e vou ter, se não houver controle da doença, 2x, 3x, 8x de doentes graves. Se eu tenho 10 aparelhos e 40 doentes graves, eu sinto dizer, mas tem 30 que vão morrer. Porque a doença cura com a necessidade do ventilador mecânico e é um para cada doente”.

“Só tem uma coisa a ser feita: isolamento social”

Bonaldi diz que o coronavírus fica duas semanas sem apresentar sintomas, de maneira que não é possível saber quem está ou não infectado.

“Aquele cara do seu lado, que aparece absolutamente saudável já pode estar eliminando o vírus. Não tem como você saber se pode ou não encostar no sujeito”.

Logo, Bonaldi volta a enfatizar o pedido para que as pessoas fiquem em casa e só saiam se for extremamente necessário.

“Não é para ir à igreja, não é para ir ao bar, academia, clube, escola. Não é para jogar sua pelada, não é para dar volta no shopping, ir à praia. E também não é para ir trabalhar se você puder não ir trabalhar”.

Para o médico, se as pessoas deixarem de ir à rua desnecessariamente, o número de pessoas doentes diminuirá e, consequentemente, o número de ventiladores mecânicos serão suficientes para evitar mortes.

“Diminuindo a quantidade de gente na rua, a gente diminui a quantidade de gente doente… Se isso acontece, a quantidade de ventilador mecânico vai ser suficiente e não vai morrer gente por falta de assistência”.

Por fim, Bonaldi pede que as pessoas encarem com seriedade o coronavírus e faz um alerta para o fato de que a situação deve se agravar nas próximas semanas.

“Esse país está para viver uma epidemia assustadora em três semanas e a gente só tem um jeito de resolver isso, que é através da educação. Não tem remédio, não tem vacina. E isso não dura duas semanas, dura três, quatro meses”.

Confira o vídeo na íntegra:


Seara News 25 anos

Ajude-nos a continuar a ser um aporte eficaz na comunicação cristã, apoiando o Seara News.
Acesse https://apoia.se/searanews
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui