Max Lucado lança um guia de oração para ‘fracotes’ espirituais

1
112

Max Lucado quer que o livro ajude aqueles com dificuldade de falar com Deus.

Max Lucado lança um guia de oração para 'fracotes' espirituais

O autor Max Lucado diz que seu novo livro, Before Amen: The Power of a Simple Prayer (Antes do Amém: O Poder de uma Oração Simples, em tradução livre), pretende ser um guia básico de oração para aqueles que lutam para se conectar com Deus.

“Há algumas pessoas que conseguem orar por qualquer coisa. Não é um desafio para eles. Talvez seja algo de sua personalidade, talvez seja um certo nível de fé. Muitos de nós, no entanto, realmente lutamos com toda a ideia de oração”, disse Lucado.

De fato, algumas estatísticas mostram que apenas 48 por cento dos fiéis, de verdade, oram todos os dias.

Como um auto-proclamado “fracote de oração”, Max quer ajudar aqueles que encontram dificuldades, como dispersão ou mesmo sonolência a obter uma melhor compreensão da oração e um novo foco.

Em seu livro, Lucado incentiva os leitores a resistir às formalidades ou um vocabulário impressionante quando estiver orando a Deus. Ao contrário, ele incentiva os leitores a se aproximar de Deus como crianças ansiosas conversando com seus pais, de uma maneira mais “pé-no-chão”.

Ele também observa que, quando oramos, devemos fazê-lo sabendo que Deus é “bom na habilidade e no coração”.

A figura que Lucado passa de Deus é comparada a de um piloto de confiança, que pode ser chamado em caso de tempestade por causa de sua experiência comprovada e sua relação bem-humorada com os passageiros.

Embora o autor diga que não há um “código secreto” para a expressão sagrada, ele baseia seu mais novo livro em uma “oração de bolso” simples, de seis linhas que relata: “Pai, você é bom. Preciso de ajuda. Eles precisam de ajuda. Obrigado. Em nome de Jesus amém.” Esta oração, diz Lucado, é um modelo para iniciantes usarem em orações equilibradas, em vez de simplesmente oferecer uma lista de exigências.

Ele explicou, em uma recente entrevista ao The Christian Post, que “Nossas orações [às vezes] podem ser simplesmente uma lista de coisas que queremos, como se falando com Papai Noel. Faça isso, faça isso, por favor, por favor, por favor. Deixe-me ser claro, Jesus nos ensinou a trazer todas as nossas preocupações e todos os nossos pedidos a Ele, porque não temos a capacidade de realizá-los por nós mesmos”.

“Portanto, há um momento em que podemos dizer que precisamos de ajuda, isso é uma das coisas que fazemos. Mas também reconhecermos Deus como nosso pai. Dizemos ‘Deus, você é bom’, o que significa dizer que pensamos sobre o caráter de Deus. ‘Você perdoa, você é gentil, você é bom. Eu preciso de ajuda, eu preciso que você me perdoe, por favor, me ajude, por favor, eles precisam de ajuda’. Então nós oramos por outras pessoas e, em seguida, agradecemos a Ele. Pensamos em todas as coisas que Deus fez e fazemos isso em nome de Jesus”, acrescenta.

Finalmente, o autor instrui os leitores a acreditar que Deus irá respondê-las, uma vez que eles fizeram suas orações. “Basta ter paciência, confiar que Ele é o seu pai, ele é bom e a coisa certa vai acontecer do jeito certo”, disse Lucado.

O livro tem previsão de lançamento nos EUA após 30 de setembro. Ainda não há informações sobre o lançamento no Brasil.

Fonte: The Christian Post

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome