Marcha para Satanás acontecerá em Belo Horizonte
Homem solta fumaça pela boca durante “Marcha para Satanás”, no Rio de Janeiro. (Foto: Erbs Jr./FramePhoto/Estadão)

Belo Horizonte receberá Marcha para Satanás com apelo ao “Estado laico”. A primeira edição do evento, realizada em 2016, fracassou em todo o Brasil.

“Se as portas da política pública estão abertas para uma religião, têm que estar abertas para todas. Se vai ter Jesus nas escolas públicas, vai ter Satanás nas escolas públicas”. Essa é a justificativa para a realização da ‘Marcha para Satanás’. O evento está previsto para o dia 29 de março, em Belo Horizonte, de acordo com um dos organizadores.

Um organizador, que não quis se identificar, afirmou que a marcha é inspirada em formas de Satanismo Moderno. Seu objetivo principal não é confrontar diretamente os cristãos, mas sim unir pessoas que se identificam com a causa. Isso mesmo estando embasada em movimentos como o Templo Satânico e a Global Order of Satan.

Ele ainda diz que essa é mais uma forma de protesto contra abusos cometidos em nome de algumas religiões do que a adoração ao Diabo em si. “Nosso protesto é principalmente a favor do Estado laico e das liberdades individuais”, explica.

A proposta é levar as pessoas a refletirem sobre como seria ver uma religião, considerada ”assustadora”, tendo espaço na sociedade.

“Muita gente é perseguida por não se adequar aos padrões colocados pelas religiões. Homossexuais, travestis, pessoas de religiões de origem africana, são colocadas à margem da sociedade por causa desse conservadorismo medieval”.

Em sua justificativa pela realização da marcha, o organizador também citou o fato de igrejas serem isentas de impostos.

“Se os imóveis de igrejas não pagam impostos, as casas daqueles que se declaram satanistas também tem que estar isentas”.

Apesar do intuito não ser confrontar diretamente os cristãos, a proposta final é promover um protesto “blasfêmico”.

“Queremos fazer um protesto divertido, satírico e blasfêmico, e convidar a sociedade a ter mais pensamento crítico, mais empatia e substituir a sua intolerância pelo amor”.

Estado laico

Os organizadores dizem que pretendem demonstrar que o estado é laico.

“Em que pese o direito constitucional de liberdade de expressão e liberdade religiosa, como cristão eu vejo essa manifestação como algo inócuo, sem o menor sentido, uma vez que o estado já é laico”, opina o Pr. Carlos Roberto Cruvinel, diretor do diretor da Escola Teológica Pr. Virgílio dos Santos Rodrigues.

O pastor diz ainda que “o que me parece é que esse grupo, na verdade, quer chamar a atenção sem nenhum objetivo prático, sem nenhuma conclusão prática, já que o estado sem religião já existe”.

Cruvinel diz ainda que “o grande perigo é que eles estão aliando a questão de Satanás ao que eles consideram minorias, segundo o que informam na divulgação do evento”.

A advogada cristã Patrícia Alonso diz que “em contraponto ao Diabo sempre quem será exaltado será o Todo-Poderoso, o grande Eu Sou, o El Shadday, O ‘Eu Sou o que Sou’”.

Ela remete à história, apontando que “Martinho Lutero disse que até ‘o diabo é o diabo de Deus’, ao demonstrar em sua tese teológica, que o próprio diabo está submetido à vontade de Deus e a Sua permissividade”.

“Para mim, a manifestação em questão, e a intenção à qual se destina, está demonstrado claramente que LAICISMO sempre se destrói em ideologia INTOLERANTE”, conclui a advogada.

Com informações do Guiame e do BHAZ

DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”
.
Seara News 25 anos

2 COMENTÁRIOS

  1. “…Se vai ter Jesus nas escolas públicas, vai ter Satanás nas escolas públicas”. Estão querendo mais homicídios? Mais endiabrados entrem numa escola para matar a fuzil e revolver mais inocentes? Sério? Mais satanás nas escolas? Sério que existe mesmo gente achando pouco o que acontece de mortes nesse pais todos os dias e desejam mais? Faz Justiça Senhor! Maranata, ora vem Senhor Jesus!

  2. Acho que a solução mais adequada, para resolver esse impasse entre cristãos e satanistas é deixar a escola ser escola e as igrejas serem igrejas, não importando, qual o credo se é em Deus ou satanás. PS sou evangélico e procuro ser justo, mesmo que eu tenha problemas com a justiça.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui