Malawi: Comissão Justiça e Paz elogia eleições com transparência
O novo presidente do Malawi, Lazarus Chakwera foi empossado no último domingo, 28 de junho. | Foto: AFP

A posse do novo presidente Lazarus Chakwera, no último domingo (28), aconteceu em clima de serenidade e responsabilidade com muita transparência.

Isabella Piro / Jane Nogara

No domingo (28) foi empossado o novo presidente do Malawi, Lazarus Chakwera, líder da oposição depois de seis anos do governo de Peter Mutharika. A Comissão Episcopal Justiça e Paz e outros organismos agradecem a comissão eleitoral pela exatidão na contagem dos votos e na apresentação dos resultados.

Após o cancelamento da votação de maio de 2019 devido a fraude, o Malawi tem um novo presidente: Lazarus Chakwera, o líder da oposição que substitui Peter Mutharika, que estava no cargo há seis anos.

No último domingo, 28 de junho, houve a posse do novo presidente depois de uma eleição em clima de serenidade e responsabilidade com muita transparência.

A Comissão Episcopal de Justiça e Paz (Ccjp), juntamente com órgãos como a Iniciativa Nacional de Educação Cívica (Nice) e o Comitê de Assuntos Públicos do Malauí elogiaram a Comissão Eleitoral pela transparência na apuração dos votos, nas consultas presidenciais e a apresentação dos resultados em locais apropriados para o público.

Uma votação sem problemas

“O processo eleitoral foi muito bom”, afirmam os diversos órgãos, “sem grandes entraves ou dificuldades. Gostaríamos, portanto, de elogiar todas as partes envolvidas, em particular a Comissão Eleitoral, dado o tempo limitado e os recursos necessários para administrar os votos”.

Malawi: Comissão Justiça e Paz elogia eleições com transparência
Eleições no Malawi | Foto: Reprodução

Estes elogios estendem-se também a todas as forças de segurança pelo “profissionalismo, diligência e rapidez com que prepararam a logística necessária para o processo eleitoral”.

Agradecimentos particulares são dirigidos também aos cidadãos pela paciência com que esperaram pelos resultados da votação, que foram anunciados em total conformidade com a lei eleitoral, depois que as cédulas foram entregues por todos os distritos e seções eleitorais.

O novo Presidente

“Juro solenemente cumprir as funções de presidente da República do Malawi, preservar e defender a Constituição”, disse Lazarus Chakwera durante a cerimônia na capital, Lilongwe.

Dirigindo-se aos seus concidadãos, o novo chefe de Estado, Lazarus Chakwera agradeceu por terem prestado a honra em votar para ele, afirmando sentir-se “pleno de alegria indescritível”. “É uma honra o desejo e aspiração por mudanças de todos vocês”, acrescentou Chakwera. “Muitos não votaram em mim nesta eleição e talvez a perspectiva da minha presidência os encha de medo”, acrescentou. “Mas o Malauí é também a sua casa. Enquanto eu for o seu presidente, também vocês vão prosperar”.

Chakwera lidera o partido mais antigo do Malawi, o Partido do Congresso do Malawi (MCP), que é o principal partido da oposição e governou o país durante três décadas, de 1964 a 1994, sob o Governo unipartidário de Hastings Banda.

O apelo dos bispos depois das violências de fevereiro

Em fevereiro, quando o Supremo Tribunal eleitoral anulou as eleições presidenciais por causa de fraudes, os bispos locais lançaram um apelo pela paz e reconciliação, especialmente em face de violentos protestos.

“Estamos profundamente consternados com os episódios de violência contra a vida humana que ocorreram”, escreveram os prelados em fevereiro. “Como Pastores encarregados do dever e da responsabilidade de promover e defender a vida que nos foi dada pelo Criador, não podemos permanecer em silêncio diante disso”. Expressando, então, sua preocupação com o “estado de pobreza e miséria” que se vive no país, a Conferência Episcopal local havia solicitado ao Parlamento que promulgasse leis apropriadas para criar “um clima propício ao respeito pelos direitos de todos os cidadãos”.


DEIXE UM COMENTÁRIO 
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui