lideres_ad_brasil
Pr. Samuel Câmara, Pr. Samuel Ferreira e Pr. José Wellington tiram foto juntos em Brasilia (DF)

 

Por Paulo Pontes

Está repercutindo na internet e nas redes sociais o encontro dos mais conhecidos líderes das Assembleias de Deus no Brasil que estiveram na posse de Michel Temer em Brasília (DF), com destaque para a foto que tiraram juntos, os pastores Samuel Câmara, Samuel Ferreira, e José Wellington Bezerra da Costa.

Segundo o blog Point Rhema, a imagem inédita desses grandes líderes assembleianos juntos é, enfim, um raro click, que se deu durante a cerimônia de posse de Michel Temer como presidente interino do Brasil, na tarde desta quinta-feira (12). A Presença do pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil – CGADB; do pastor Samuel Ferreira, presidente da Convenção Nacional da Assembleia de Deus Ministério de Madureira – CONAMAD; e, do pastor Samuel Câmara, presidente da AD BELÉM – a Igreja Mãe das Assembleias de Deus no Brasil, em Belém do Pará, os três numa mesma foto, é de fato um momento raro e especial. Que isso seja o início de um novo tempo também em nossa querida Assembleia de Deus, comentou o pastor Carlos Roberto da Silva, Editor do Blog POINT RHEMA.

Líderes Assembleianos juntos na posse do novo presidente, em BrasíliaO pastor Nilson Alves, que é 1º Vice-Coordenador da CEADERJ, disse em seu perfil no Facebook que o Michel Temer, presidente interino da República, por ocasião de sua posse em Brasília, conseguiu realizar algo inédito, ao unir em uma mesma foto as três maiores lideranças das Assembleias de Deus no Brasil, e conclui: “Particularmente, eu gostaria que tal episódio fosse duradouro, em prol do nosso amado povo assembleiano”.

Líderes Assembleianos juntos na posse do novo presidente, em BrasíliaO pastor Geremias Couto postou o seguinte comentário em seu perfil no facebook: “Tenho minhas reservas com esses encontros com presidentes em início de Governo, numa transição grave como a que ora ocorre, caso o de ontem tenha sido realizado por iniciativa de parlamentares ávidos em abrigar-se debaixo das asas dos novos donos do poder. Até porque um dos que aparecem na foto – Samuel Ferreira – presente ontem em Brasilia, já está nas mãos de Sérgio Moro para quem terá de explicar os depósitos da Camargo Correia que aparecem na conta da igreja em Campinas, como se fossem parte de suposta propina paga a Eduardo Cunha. Fosse alguns dias depois, de forma institucional, com as lideranças evangélicas, representando todo o espectro denominacional, até entenderia e concordaria. Mas ontem me pareceu açodamento eleitoral por parte de deputados desejosos de algum ‘afago’ presidencial”, disse.

Os usuários das redes sociais, e principalmente do facebook, diante dessa repercussão, respondem às postagens comentando e manifestando suas opiniões a respeito. Mas o que se vê, por parte de alguns líderes é o anseio pela unidade da denominação.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui