Lições profissionais e corporativas com Bob Esponja

0
169

O segredo do hambúrguer do siri cascudo não é só a receita, mas também a alegria e o prazer de fazer de Bob Esponja. A calça pode ser quadrada, mas o serviço, a gentileza e a simpatia são redondos.

Por Silvio Costa | Seara Newslições profissionais e corporativas com bob esponja

Lições profissionais e corporativas ensinam que é preciso diferenciais e requintes para garantir clientela e apurar bons lucros.

Tive que também fazer as minhas próprias leituras dos desenhos que assisto acompanhando meu filho e tirar dos infantóides animados algum proveito assimilativo. Então lá vão minhas observações correlativas do desenho do Bob Esponja ao universo profissional e empresarial.

A referida série animada foi uma criação do norte americano e biólogo marinho Stephen Hillenburg e se passa no fundo do mar e um lugar chamado Fenda do Biquíni com personagens engraçados e improváveis, a meu ver caricaturas de perfis e realidades profissionais.

O Siri Cascudo é a lanchonete onde trabalham Bob Esponja e Lula Molusco e representa o lugar onde trabalhamos. A maioria das aventuras de Bob se desenvolvem dentro ou nos entornos da empresa em que trabalha. Na vida pessoal também é assim, passamos de 30 a 40% de nosso tempo ligados a atividades profissionais; então trabalho faz parte da vida da maioria dos leitores desta reflexão. Já que trabalho não é opção para a maioria e sim necessidade, assumamos o compromisso de defender e cuidar muito bem do nosso siri cascudo – o lugar onde eu e você trabalhamos e de lá garantimos o sustento e a dignidade social de nossas famílias.

Seu Seriquejo é o dono da lanchonete Siri Cascudo e o ganancioso patrão de Bob e Lula. Seriquejo faz tudo por dinheiro, é capitalista o tempo todo o que as vezes o leva a ridículos patronais e a extremos comerciais. A moeda circulante na Fenda do Biquíni é mais importante que qualquer coisa para o caranguejo avarento, ainda que para isso ele tenha que explorar funcionários, baratear o custo de produção comprometendo em alguns momentos a qualidade de seus lanches; mesmo que tenha que inflacionar preços de venda e literalmente extorquir seus clientes. Seriquejo é a figura de patrões equivocados que só vêem unilateralmente a razão do negócio – dar lucro; quando na verdade qualquer atividade comercial de consumo ou serviço que se preze, antes de faturamento tem como missão e valores a satisfação do cliente e a valorização de seus colaboradores (empregados).

Bob Esponja personifica o bom funcionário. Gente que trabalha não por salário, mas por satisfação – que gosta do que faz. O segredo do hambúrguer do siri cascudo não é só a receita (como pensa o Plâncton), mas também a alegria e o prazer de fazer de Bob Esponja. A calça pode ser quadrada, mas o serviço, a gentileza e a simpatia são redondos. Nossas amizades falam um pouco de quem nós somos socialmente. Imagine você com um amigo como o Patrick Estrela; por certo ele te colocaria em situações bem inusitadas. Uma lição que Patrick ensinou a seu amigo foi o companheirismo persistente em qualquer situação e isso é relevante para o Esponja – disposição de aprender sempre (até com uma estrela do mar rosa). Bob sabe resolver abacaxis operacionais – afinal ele mora em um abacaxi.

Lula Molusco exemplifica o mau empregado. Pessoal descomprometido, mal humorado, egocêntrico e averso ao trabalho em equipe. A prosopopéia expressa em Bob Esponja é lição profissional; a psíquica de Lula Molusco é o que todo empregado deve evitar. O que Lula molusco faz bem é arrancar uns sons de seu clarinete e sua política de boa vizinhança é tolerância zero – não sabe conviver com diferenças – curte um isolamento de sua casa – sua zona de conforto (falando nisso, você já reparou que a casa do Lula é um moai da Ilha de Páscoa – retrata bem à sua personalidade fechada). No mundo profissional o perfil Lula Molusco é um problema. Seja polivalente, comunicativo, amigável, bem humorado e apto a desenvolver uma boa relação interpessoal.

Plânctom é sinônimo de concorrência acirrada e desleal. Que empresa pode se dar ao luxo de dizer que não tem concorrentes? Que me lembre nenhuma. Concorrência deve existir de forma ética e coerente não violando direitos e nem estabelecendo um jogo sujo de difamação disfarçada. Plâncton têm só um objetivo: roubar a receita secreta do hambúrguer de siri de seu Seriquejo e atrair a clientela do Siri Cascudo para seu restaurante de fast food – o Chum Bucket cuja tradução é balde de lixo. Concorrência deve existir como opção e alternativa para o consumidor fazer sempre a melhor escolha, a que mais lhe favoreça. Frente a mercados com empresas competitivas no mesmo segmento a única arma para garantir clientela e apurar bons lucros é a entrega de um bom serviço ou produto com diferenciais e requintes e na relação Chum Bucket e Siri Cascudo o último leva muita vantagem. Como você e sua empresa têm se comportado frente à concorrência?

Bom paro por aqui. Deixo um abraço e desejo crescimento pessoal e profissional a todos vocês. A saber, José venceu no Egito e Daniel na Babilônia!

silvio-santo-costaSilvio Costa
Ministro do Evangelho, Teólogo, pregador, palestrante, conferencista, e administrador de empresas.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome