Katy Perry e porque os filhos de pastores se afastam da vocação cristã de seus familiares

1
90

Pastores apontam razões que levam alguém envolvido com a igreja se decepcionar com a fé.

Katy PerryEnvolvida em vários questionamentos recentes sobre cristãos abandonam sua vocação, a ex-cantora gospel e agora estrela do pop Katy Perry, filha de pastor, foi o centro de uma reportagem que indicou por que filhos de pastores perdem a afinidade com a doutrina na igreja.

Um dos principais motivos para a cantora ter sua fé questionada foi uma declaração recente de que ela não é mais cristã, somada aos argumentos de que o céu não existe para ela, nem ao menos o inferno ou um Deus "velho sentado em um trono", que levaram alguns pastores a analisarem o fato, segundo o site Charisma News.

Entre alguns fatores, especialistas dizem em maioria que pessoas como a Katy Perry se decepcionam com a igreja ao perceber que expectativas ilusórias suas, como a fama, são edificadas acima de sua fé e da compaixão, trazendo prioridades compulsivas e gananciosas.

Em segundo lugar, ministros indicam que qualquer frustração vivida dentro da igreja pode abalar a fé de alguém aliado às atividades da congregação. As experiências negativas na igreja deixam cicatrizes que em algumas vezes não se fecham.

A ausência do pai ou da mãe, determinadas vezes ocupados com suas funções na igreja, pode dar abertura para um adolescente crescer sem amparo ou desorientado. Recentemente, a primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, inclusive apontou a necessidade de Justin Bieber estar mais próximo dos pais, se quiser levar uma vida sem conturbações.

Por fim, uma fé mal trabalhada em casa, cheia de lacunas para a entrada de maus conselhos e ideias de pessoas de fora, que se dizem amigos, mas acabam desviando jovens cristãos para um caminho desregrado, consequentemente abandonando a igreja.

Dentro desta realidade, especialistas dão dicas para que os pastores acreditem e coloquem mais em prática o que pregam aos filhos, além de passarem mais tempo com eles, enxergar e admitir o que o ministério desagrada na família, evitar expectativas irreais, e mostrar que o amor de Jesus Cristo é a maior motivação para estabelecer uma vida tranquila e sem preocupações.

Fonte: The Christian Post

1 COMENTÁRIO

  1. Muito boa a matéria e é isto mesmo!! Infelizmente os filhos são educados pelos pais a servir a Deus com amor, mas conselhos de pessoas de fora, mas próximas, podem causar dano à esta educação. Mas acredito também que o desejo desenfreado de fama e sucesso é que levam realmente as pessoas a abandonarem a fé em Jesus, O trocando pela carreira artística! Muitos não tem paciência de esperar o tempo de Deus pras coisas acontecerem e pulam fora do propósito! Abortam seus chamados e ministérios, por não querer esperar e por se acharem “prontos”!

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome